Max weber

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1137 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Max Weber I
Colocam-se em tela alguns comentários e notas relevantes sobre a vida e pensamento de Max Weber, tendo como referência a obra de Maria Lígia de Oliveira Barbosa e Tânia Quintaneiro, Um toque de clássicos, que em seu Capítulo III inclui a notável contribuição desta figura humana notória no contexto da história da humanidade, em termos de concepção de seu pensamento e estruturaracional do mesmo, conservando a estrutura de tópicos levantados pelas autoras nos itens seguintes.
 1.1.  A objetividade do conhecimento
Para Weber, a compreensão do fenômeno social pressupunha a recuperação do sentido (p. 108), sempre arraigado temporalmente e adstrito a um relativismo e a um ponto de vista, qual seja perspectivismo. Projetava seu pensamento nas dimensões histórica, econômica,ideológica e sociológica. Influenciado pelo pensamento de Nietzche (1844-1900),  segundo o qual a vontade do poder, expressa na luta entre valores antagônicos, é que torna a realidade social, política e econômica compreensível. Para ele, torna-se necessário distinguir entre o pensamento de valor e o saber empírico. O cientista não deve dizer o que deve ser feito, mas o que pode ser feito. A sustentaçãodas hipóteses constitui ponto importante de seu pensamento, reforçando a idéia de que as ciências sociais visam a compreensão de eventos culturais enquanto singularidades. Mas o fato significativo em sua especificidade nunca estará livre de pressupostos porque ele próprio foi escolhido em função de valores. Em sua concepção, os fenômenos individuais são um conjunto infinito e caótico de elementoscuja ordenação é realizada a partir da significação que representam e por meio de imputação causal que lhe é feita de maneira que: ª O conhecimento de leis sociais não é um conhecimento do socialmente real, mas unicamente um dos diversos meios auxiliares que o nosso pensamento utiliza para esse efeito e b , porque nenhum conhecimento dos acontecimentos culturais poderá ser concebido senão com basena significação que a realidade da vida, sempre configurada de modo individual, possui para nós em determinadas relações singulares (p. 111). Tem-se que a visão do cientista não pode ater-se a meras suposições, mas ao contrário, sempre a vista a confirmação de hipóteses, cientificamente submetidas a condições de controle, não obstante a probabilidade estatística esteja na linha das expectativasdas ciências sociais. Ou seja, pode-se conhecer o rumo dos fatos em processos distintos (p. 112). Para Weber, faz-se necessário e indispensável... a clara compreensão do objeto de investigação do que entende  inicialmente como o espírito do capitalismo( p. 113).
 
1.2.  Os tipos ideais
As ciências sociais funcionam como uma ferramenta para compreendermos a realidade que nos cerca, visto queprocura entender uma individualidade sociocultural formada de componentes historicamente agrupados, nem sempre quantificáveis, a cujo passado se remonta para explicar o presente, partindo deste ponto para avaliar perspectivas futuras (p. 112). Para tanto é necessário observarmos o quão significativa parecem ser e de que forma são adequadas as ações compreensíveis que se constituem em objeto daSociologia. Quanto à elaboração de um instrumento que oriente o cientista social em sua busca de conexões causais é muito valiosa do ponto de vista heurístico, constituindo-se este modelo de interpretação-investigação, um tipo ideal para tal intuito. Porém, suas possibilidades de limites devem ser: 1. Unilateralidade, 2. À racionalidade, 3. Caráter utópico, partindo-se de uma escolha para o tipo ideal,sendo por exemplo possível, construir padrões ideais ou tipos urbanos. Weber parte da obra: “A ética protestante e o espírito do capitalismo” que lhe serve como guia de investigação empírica (p. 113). Weber destaca a necessidade de não deixar a ação humana tão a mercê dos sentimentos mais que siga o rumo de uma linha de planejamento adequado à situação. Visa-se a compreensão de determinado fato...
tracking img