Max weber- ciencia e politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3445 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introducao

O presente trabalho traz-nos tres temas, Acao politica, Acao Colectiva e seus interpretes e Participacao politica, nomeadamente.
A acao politica e caracterizada por pelo dominio do homem(forca), teve origem na Grecia antiga. Para o presente tema, consultamos o obra de Antonio Teixeira Fernandes “ Os Fenomenos Politicos”.
A acao colectiva é a busca de um objetivo ou um conjunto deobjetivos por mais de uma pessoa. Este termo foi difundido por Olson, que o utilizou para discutir o comportamento típico de um indivíduo utilitarista, isto é, que age segundo seu próprio interesse, buscando sempre maximizar seu benefício pessoal. Os primeiros apontamentos sobre as teorias de ação coletiva surgiram nos Estados Unidos, sendo a Escola Sociológica de Chicago uma das pioneiras empesquisas sobre acção coletiva e interação simbólica.
E por fim temos a participação política que designa uma grande variedade de atividades, como votar, se candidatar a algum cargo eletivo, apoiar um candidato ou agremiação política, contribuir financeiramente para um partido político, participar de reuniões, manifestações ou comícios públicos, proceder à discussão de assuntos políticos etc.Analisamos a participacaopolitica na perspectiva de Pasquino.
Este trabalho esta divido em tres partes: a primeira e a acao politica, a segunda e a acao colectiva e a ultima e a paticipacao politica, onde tambem fizemos uma breve analise no contexto mocambicano









1. Accao Politica

Na Grécia antiga, o poder caracterizava-se por ser despótico ou patriarcal, era um poder absoluto earbitrário sobre seus concidadãos. Esse tipo de ação era marcada pela imposição de uma única vontade que se orienta por fins egoístas, prevalecia o interesse individual sobre o coletivo.
Mas com a expansão territorial e o crescimento demográfico na época, um novo cenário se impõe. O déspota passa a não ter mais condições de controlar seus súditos, e precisa delegar funções, repartir tarefas.Surge neste contexto, algo significativo para o desenvolvimento do conceito de política que se fixaria algum tempo depois na divisão do poder.
Por outro lado, da ação de violência do déspota para com seus concidadaos, nasce um modo de ação que tem como objetivo encontrar meios racionais de resolver os conflitos. Esse modo de ação é a ação política. Para o bem-estar e a segurança de um povo épreciso buscar maneiras de evitar atritos que impliquem a própria dissolução da sociedade.
Antonio T. Fernandes, inicia o quinto capitulo da sua obra “ Os fenomenos Politicos”, afirmando que na sociedade em que se forma o poder e se exerce a politica e composta por um sistema ou de rede de forcas, portanto a acao politica propoe-se sempre realizar, mediante a forca, a harmonia interna, fazendoconvergir os interesses divergentes e assegurarar a integridade e a seguranca nacionais face as ameacas que venham do exterior.
O autor, apoiando-se em Weber , a accao politica e a accao religiosa aproximam-se quando envolve a totalidade da existencia humana “ todo o politico e necessariamente religioso na medida em que transcende particularismos individuais e os assume no movimento da averturahumana” Fernades (1988:168). Embora tenham aproximacoes elas sao distintas, a acao politica e sempre do dominos dos homens (uso da forca) e a acao religiosa desenvolve-se no quadro da liberdade. A separacao entre a politica e relegiao traduz-se no processo de diferenciacao de dominios que parecem identicos.O estado distanciou-se da ordem religiosa o que originou uma consciencia de natureza racional.Fernandes aborda tambem a questao da “ética da conviccao” (o conjunto de normas e valores que orientam o comportamento do político na sua esfera privada) e a “ética de responsabilidade” (representa o conjunto de normas e valores que orientam a decisão do político a partir da sua posição como governante ou legislador). Para Weber, quanto maior o grau de inserção de determinado político na arena...
tracking img