Matematica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1875 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTUDO DIRIGIDO – EXERCÍCIOS PROPOSTOS
LÍNGUA PORTUGUESA E COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL –1º Módulo

NOME DO ALUNO: ________________________________________________________________________________

PARTE 01: COMPREENSÃO DO TEXTO E GRAMÁTICA ( VALOR: 10 PONTOS )

Minas não acredita em Minas?

Sempre me intrigou o jeito blasé, de quem não se impressiona com nada, assumidos por nós,mineiros. Acho folclórica a imagem de desconfiado, usurário e sonegador que o Brasil tem de nós. Mas sempre tive curiosidade de saber por que, diante do extraordinário, do extravagante ou do maravilhoso, há em Minas um esmerado empenho em exibir uma fria naturalidade, como se isso fosse familiar e corriqueiro. Com que propósito se escamoteia que uma coisa, uma pessoa, uma obra é impressionante,inesperada, deslumbrante? Depois de tantos anos vivendo fora de Minas, se encontro um amigo mineiro e comento, por exemplo, o extraordinário romance do Saramago, a reação é uma pálida e silenciosa concordância, que não vai além de um balançar de cabeça. Tão constrangida que parece esboçada apenas para não me desapontar, como convém à nunca assaz louvada hospitalidade mineira.
Se, comoutro amigo, comento o fantástico espetáculo de Aderbal Júnior sobre Vargas, a resposta é, quando muito, um gélido e circunspecto “... Interessante...”. E vá agora você elogiar o último filme de Wim Wenders: receberá de volta um olhar superior acompanhado de um sorriso blasé, seguido de um lacônico “... É.”, pronunciado depois de amarga indecisão. Qual seria a origem de um comportamento tãosingular? A frieza e a discrição diante do inesperado talharam a conduta de celebrados políticos mineiros que, sem perder as oportunidades, souberam conter paixões e entusiasmos na avaliação objetiva do quadro de forças. Há quem diga que as montanhas criam uma propensão ao ensimesmamento, que é parte da psicologia mineira refrear a empolgação. Um mineiro eufórico – dizem – morreria de solidão depois dedevidamente secado pelo olhar demolidor do vizinho mais próximo. Consta que herdamos a tão propalada desconfiança dos nossos antepassados do ciclo do ouro.
A riqueza súbita convivia com roubos e traições: o contrabando tinha que driblar a repressão implacável. Nesse ambiente, quem não fosse astuto, velhaco e manhoso não rapava nada. Mais do que a ser desconfiados, ali aprendemos aser sonsos: jurar lealdade e fé e, ao mesmo tempo, encher de ouro o oco da santinha.

ARAÚJO, Alcione. ISTOÉ MINAS. 26 fev.1992. P. 34. (Adaptado)

QUESTÃO 01: Com base na leitura desse texto, é CORRETO afirmar que:
A) o texto é do tipo dissertativo, gênero formal e estilo crônica
B) o texto é do tipo crônica, gênero descritivo e estilo livre
C) o texto é do tipo descritivo, gênero informale estilo histórico
D) o texto é do tipo dissertativo, gênero crônica e estilo informal






QUESTÃO 02: Com base na leitura desse texto, é CORRETO afirmar que, nele, o autor:
A) considera o comportamento dos mineiros como inadequado.
B) defende o desinteresse como uma característica folclórica dos mineiros.
C) enfatiza o caráter dos mineiros cultos, que zelam por suas tradições.
D)trata de alguns estereótipos da identidade dos mineiros.

QUESTÃO 03 Assinale a alternativa em que, na passagem transcrita do texto, NÃO está expressa a ideia de indiferença.
A)... A resposta é, quando muito, um gélido e circunspecto “... Interessante...”.
B)... Há em Minas um esmerado empenho em exibir uma fria naturalidade...
C)... Herdamos a tão propalada desconfiança dos nossosantepassados...
D)... Receberá de volta um olhar superior acompanhado de um sorriso blasé...

QUESTÃO 04 Assinale a alternativa onde TODAS as palavras estão de acordo com a NOVA ORTOGRAFIA BRASILEIRA.

Microondas.arqui-inimigo, linguiça, voo
Creem, antirrugas, autoajuda, heroi
Ideia, contra-ataque, autoesporte, minissaia
Autoescola, auto-retrato, super-homem, navios-escola.

QUESTÃO 5 :Marque a...
tracking img