Alto forno

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1727 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Escola Secundária Martinho Árias

Curso Profissional
Técnico de Energias Renováveis – Painéis Solares
2010 - 2013

Tecnologia e Processos

Autor:
Bruno Lopes nº2 10ºD

Soure, 17 de Janeiro de 2011


O alto-forno constitui ainda o principal aparelho utilizado na metalúrgica do ferro. A partir dos primeiros fornos, dos tipos mais rudimentares, em que os gases eram perdidos naatmosfera, constantes aperfeiçoamentos técnicos vêm sendo introduzidos e a capacidade diária paulatinamente elevada, aproximando-se, nos dias actuais, de 10.000 toneladas de ferro gusa em 24 horas.
A metalurgia do ferro consiste essencialmente na redução dos óxidos dos minérios de ferro, mediante o emprego de um redutor, que é um material á base de carbono.

As matérias-primas (minério+ganga,coque e fundente) são introduzidas pela parte superior do forno, normalmente através de uma tremonha rotativa. O ar aquecido entre os 100 a 1350 ºC nos regeneradores de calor é injectado através de tubos situados na parte superior do cadinho e tem como funções permitir a combustão do coque e provocar o aquecimento das matérias-primas.
Os gases redutores formados (monóxido de carbono)atravessam totalmente as matérias-primas no sentido ascendente e reduzem o mineral, que se encontra em diferentes graus de oxidação. Simultaneamente, as matérias-primas são aquecidas pelos gases ascendentes.
No ventre, um pouco acima do nível dos tubos, o ferro reduzido (esponja de ferro) e a escória (subproduto constituído por gangas e por cinzas do coque) entram em fusão e escorrem para ocadinho, onde a escória, menos densa, passa a flutuar sobre a gusa. À medida que vai descendo, a gusa, por contacto com o coque, vai-se enriquecendo em carbono. Em intervalos regulares procede-se à sangria (tubos de escoamento), tanto da gusa como da escória, que vertem dos respectivos furos de sangria.
A gusa pode ser transferida directamente num misturador-forno, que a mantém no estado líquido e atransporta para a aciaria onde vai ser moldada em lingotes.
Os rendimentos de um alto-forno moderno, com cadinho de 9,7 m de diâmetro, são de cerca de 4500 toneladas por dia de gusa e 380 kg de escória por tonelada de gusa.

Ilustração [ 1 ] -Esquema de operação de um Alto-Forno

As matérias-primas necessárias para a obtenção do aço são: o minério de ferro, principalmente a hematite,e o carvão mineral. Ambos não se encontram puros na natureza, sendo necessária então uma preparação nas matérias-primas de modo a reduzir o consumo de energia e aumentar a eficiência do processo.
Esta parte do processo de fabricação do aço consiste na redução do minério de ferro, utilizando o coque metalúrgico e outros fundentes, que misturados com o minério de ferro são transformados emferro gusa.
A reacção ocorre no equipamento denominado Alto-forno, e constitui uma reacção exotérmica.
O resíduo formado pela reacção, a escória, é vendida para a indústria de cimento.
Após a reacção, o ferro gusa na forma líquida é transportado nos carros-torpedos (vagões revestidos com elemento refractário) para uma estação de dessulfuração, onde são reduzidos os teores deenxofre a níveis aceitáveis. Também são feitas análises da composição química da liga (carbono, silício, manganês, fósforo, enxofre) e a seguir o carro torpedo transporta o ferro gusa para a aciaria, onde será transformado em aço.

Existem vários tipos de Tratamento Térmico, os mais importantes são:

* Recozimento : Recozimento Pleno
Recozimento SubcríticoRecozimento alívio de Tensão

* Normalização
* Têmpera
* Martêmpera
* Austêmpera
* Revenimeto
* Solubilização
* Esferoidização/Coalescimento

O recozimento visa reduzir a dureza do aço, aumentar a usinabilidade, facilitar o trabalho a frio ou atingir a microestrutura ou as propriedades desejadas.
Recozimento Pleno
Consiste...
tracking img