Mata atlantica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1171 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS
UNIDADE ACADÊMICA
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

RELATÓRIO
VISITA A MATA ATLÂNTICA

Petrópolis
2010

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS
UNIDADE ACADÊMICA
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

RELATÓRIO
VISITA MATA ATLÂTICA

Relatório
apresentado à Faculdade de Engenharia civil da

UCP como requisito parcial para conclusão
do Curso de Ecossistema e SaúdeAmbiental

Richard Bastos Marujo de Andrade
RGU: 08200345

Professor Orientador

Prof. Sonia Dias

Petrópolis
2010

Sumário

1. Introdução 4

2. Objetivo 4

3. Descrição da visita5

4. Conclusão 6

1. Introdução

A Mata Atlântica, originalmente, estendia-se do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul, ao longo das cadeias de montanhas e em alguns pontos avançando para o interior, em extensões variadas. Atualmente a maior parte da MataAtlântica que resta está na Serra do Mar e Serra da Mantiqueira na região Sudeste do Brasil.
Seu clima é equatorial ao norte e quente temperado sempre úmido ao sul, tem temperaturas médias elevadas durante o ano todo e não apenas no verão. A alta pluviosidade nessa região deve-se à barreira que a serra constitui para os ventos que sopram do mar. Seu solo é pobre e a topografia é bastanteacidentada. No interior da mata, devido à densidade da vegetação, a luz é reduzida.
Por receber muita energia radiante e pelo alto índice de pluviosidade, trata-se de uma floresta exuberante, de crescimento rápido, e sempre verde, ou seja, as folhas não caem.
As condições físicas na floresta atlântica variam muito, dependendo do local estudado, assim, apesar de a região estar submetida a umclima geral, há micro climas muitos diversos e que variam de cima para baixo nos diversos estratos. Os teores de oxigênio, luz, umidade e temperatura são bem diferentes dependendo da camada considerada.
É na Mata Atlântica que encontramos a maior diversidade de animais e vegetais do planeta - o que se chama de biodiversidade. Muitas das espécies, tanto animais como vegetais que nela ocorrem,são endêmicas, isto é, não existem em nenhum outro lugar do mundo.

2. Objetivo

Este relatório visa descrever a visita feita ao Parque presente na Rua Ipiranga, utilizando conhecimentos adquiridos em sala para descrever esta visita.

3. Descrição da visita

Começamos saindo da universidade e fomos através da Koeller onde a professora Sonia começou a descrever alguns aspectosque confirmam a intervenção do homem no ecossistema, como a presença de uma espécie de árvore que demonstra isso.
Chegando ao parque podemos observar primeiramente que a intervenção do homem estava bem clara naquele local, fato observado pela presença de cachorros logo na entrada, outro fato foi a destruição do solo e a retirada da floresta onde foi aberta um caminho para os carros o querompeu com o sistema natural de ciclagem de nutrientes. Observamos também como a floresta tenta se proteger fazendo uma espécie de barreira utilizando trepadeiras entre ela e o caminho, um pouco mais acima encontramos muito lixo e uma casa ocupada por pessoas incluindo crianças.
Quando começamos a nos distanciar da entrada já podíamos observar que a intervenção do homem já não era tão evidente eque a mata estava mais preservada observamos que as árvores do interior da mata são adaptadas à sombra, desenvolveram grande área foliar a fim de captar o máximo de luminosidade possível nessas condições. Espécies que passam toda a vida sombreadas e mesmo assim, são capazes de produzir flores, frutos e sementes. Muitas árvores são esguias, sem ramos, a não ser na parte superior. É que devido ao...
tracking img