Masdoer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 68 (16815 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL - ESAB CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM SUPERVISÃO ESCOLAR

CECILIA MARIA WALDEMARIN IONEDA

A INFLUÊNCIA DA MÃE (OU SEU EQUIVALENTE) PARA O INTERESSE DE APRENDER NA CRIANÇA

VILA VELHA - ES 2010

CECILIA MARIA WALDEMARIN IONEDA

A INFLUÊNCIA DA MÃE (OU SEU EQUIVALENTE) PARA O INTERESSE DE APRENDER NA CRIANÇA

Monografia apresentada ao Cursode PósGraduação em Supervisão Escolar da Escola Superior Aberta do Brasil, como requisito para obtenção do título de Especialista em Supervisão Escolar, sob orientação da Professora Ma Patrícia Ebani Peixoto.

VILA VELHA - ES 2010

CECILIA MARIA WALDEMARIN IONEDA

A INFLUÊNCIA DA MÃE (OU SEU EQUIVALENTE) PARA O INTERESSE DE APRENDER NA CRIANÇA

Monografia aprovada em ... de...............de 2011.

Banca Examinadora

__________________________________

VILA VELHA - ES 2010

Dedico este trabalho ao meu filho Henrique, que me deu a oportunidade de ser mãe.

Agradeço a todas as mães (ou seus equivalentes) que, com dedicação, respeito e amor, contribuem para o interesse de aprender nas crianças.

Tudo começa na triangulação do primeiro olhar. No primeiromomento, a mãe ou seu equivalente busca os olhos da criança e a criança busca seus olhos; aqui há um encontro necessário para que haja

aprendizagem, mas logo a mãe olha para outro lado, objeto ou pessoa, e seu filho também desvia o olhar para esse mesmo lado. Seus olhares encontram-se em um objeto comum, um objeto de reencontro, quer dizer, desses olhos nos olhos vai haver um deslocamento atéoutros objetos de conhecimento. (PAIN, Sara, apud FERNANDÉZ, 1991, p. 28).

RESUMO

Palavras-chave: Figura materna. Aprendizado. Interesse.

O presente estudo abordou a questão da afetividade no aprendizado infantil, focando a atenção na figura materna ou quem represente tal papel na vida da criança. O estudo foi dividido em quatro capítulos, o primeiro abordou a criança e seudesenvolvimento, sendo apresentada uma divisão sociológica da infância e as correntes filosóficas que envolvem o assunto, como o empirismo, o racionalismo e o construtivismo, avaliando-se, também as áreas humanas de ordem motora, cognitiva e afetiva. O segundo capítulo tratou da educação infantil, com seu conceito, posição no mundo atual e no contexto brasileiro, apontando-se, também, as dificuldadesde aprendizado. Nestas foram apresentadas as definições que a literatura apresenta quanto à esta expressão, descrevendo-se os tipos mais comuns para o fenômeno, destacando-se o transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH), as deficiência de percepção visual e a dislexia. No capítulo terceiro foi estudado o ambiente escolar, com a visão da criança como aprendiz, o dia a dia doprofessor no ambiente da escola e a relação entre este profissional e seus alunos. O quarto e último capítulo enfrentou a questão central que é a importância da mãe (ou equivalente) no aprendizado infantil, para o que se descreveu o contexto familiar e fatores como a afetividade, o intelecto e o afeto no aprendizado e a relação da mãe ou figura materna com o aprendiz enquanto criança. A pesquisafoi do tipo qualitativa, recorrendo a fontes bibliográficas, que foram apuradas em bibliotecas, no acervo da autora e junto a pessoas de suas relações. Foram utilizados livros, revistas e duas teses de Doutorado. Teve por objetivo geral investigar de que forma a afetividade proveniente da família interfere no aprendizado infantil. Concluiu-se que a afetividade decorrente da relação entre mãe(ou equivalente) e filho, este visto como aprendiz, é imprescindível para um bom desempenho escolar.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO............................................................................................. 1. A CRIANÇA E SEU DESENVOLVIMENTO............................................ 1.1 UMA DIVISÃO SOCIOLÓGICA DA INFÂNCIA...................................... 1.2 CORRENTES...
tracking img