Riscos financeiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6856 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 [pic][pic]


MBA EM FINANÇAS












Controladoria e Finanças






















1






MANAUS - AM

2012
VERONICA CRISTINA



2



3








Controladoria e Finanças











Trabalho de Controladoria e Finanças,turmaCF12ES2.
Professor: Waldemar Souza














MANAUS - AM

2012






Questao 1:Risco financeiro.


De acordo com as Normas Internacionais de Contabilidade, o risco financeiro designa o risco de uma possível alteração futura numa ou mais taxas de juro, preços de instrumentos financeiros, preços de mercadorias, taxas de câmbio, índices depreços ou taxas, notações de crédito ou índices de crédito ou outra variável especificada, desde que, no caso de uma variável não financeira, a variável não seja específica de uma parte do contrato.


Principais tipos de risco associados a investimento financeiro

• Risco de mercado
• Parcela da variabilidade total do rendimento de um ativo financeiro. Também conhecido pelos termosrisco não-diversificável ou risco sistemático.
• Risco de crédito
• Possibilidade do beneficiário de determinado empréstimo não ter capacidade financeira para pagar os juros e/ou o capital em dívida.
• Risco de liquidez
• Possibilidade do beneficiário de determinado empréstimo não ter capacidade financeira para pagar os juros e/ou o capital em dívida.Questao 2:Abertura de capital de empresas


Companhia Aberta é aquela que, através de registro apropriado junto à CVM, está autorizada a ter seus valores mobiliários negociados junto ao público, tanto em bolsas de valores, quanto no mercado de balcão, organizado ou não.
Para que uma empresa possa secandidatar ao processo de abertura de capital deve estar constituída na forma jurídica de uma sociedade anônima, de acordo com o que preceitua a Lei nº 6.404, de 15/12/1976.
Como se registrar na CVM
Para se tornar companhia aberta a empresa deve estar constituída na forma jurídica de uma sociedade anônima, nos termos da Lei nº 6.404/76.
A distribuição pública de valores mobiliários, nos termos da Lei nº6.385/76, pressupõe prévio registro na CVM, a ser solicitado pela companhia emissora.
No caso de empresas abrindo capital, além do Registro de Emissão Pública, é exigido o Registro de Companhia Aberta para negociação em Bolsa ou no Mercado de Balcão Organizado.
No processo de aumento do capital social, as etapas fundamentais estão discriminadas nas Instruções CVM nº 13/80 e 202/93, que dispõemrespectivamente sobre o registro de distribuição pública de ações e sobre o registro de companhia para negociação de seus valores mobiliários em Bolsa de Valores ou no Mercado de Balcão.
As informações solicitadas para fins de registro da emissão compõem o Prospecto, documento básico de divulgação sobre a emissão e a companhia (artigos 18 a 22 da Instrução CVM nº 13/80).
É permitida, durante oprocesso de registro, a circulação de um Prospecto Preliminar entre os intermediários financeiros. Ao final do processo, o Prospecto definitivo deve estar à disposição dos investidores potenciais.
Para dar início ao processo, é cobrada uma taxa de registro de emissão na CVM, instituída pela Lei nº 7.940/89 - Tabela "D", em função do valor e do tipo da operação pretendida, e limitada a 100.000 UFIRpor registro:
Tipo de operação Alíquota sobre o valor da emissão Emissão Pública de Ações 0,30% Emissão Pública de Debêntures 0,30% Emissão Pública de Bônus de Subscrição 0,16% Distribuição Secundária 0,64% Oferta Pública de Compra, Venda e Permuta 0,64% Emissão Pública de Nota Promissória 0,10%
A CVM dispõe de um prazo de 30 (trinta) dias para analisar o pedido de registro, podendo solicitar...
tracking img