Marques de pombal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (690 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sebastião José de Carvalho e Melo passou à história conhecido por seu título de nobreza, Marquês de Pombal. Sua família era nobre, mas os pais de Sebastião não tinham muito dinheiro. O rapaz estudouDireito por um ano na Universidade de Coimbra e não gostou. Entrou para o serviço militar, como cadete e também não se adaptou. Depois de uma vida de solteiro bastante agitada, casou-se com Teresa deNoronha e Bourbon, dama da rainha Maria Ana de Áustria.

Quando completou 39 anos iniciou sua vida pública: foi embaixador (representante do governo português) na Inglaterra - onde sua mulher veio afalecer - e na Áustria. Lá, seu trabalho diplomático foi reconciliar o papa Bento 14 e o imperador austríaco Fernando 1o, que estavam em conflito. Nessa época, Sebastião se casou pela segunda vez,com Leonor, condessa de Daun.

Em 1750, quando o rei José subiu ao trono de Portugal, depois da morte de João 5o, Sebastião foi chamado de volta à corte de Lisboa para ser ministro desse rei. Em poucotempo ele se tornou a figura principal no Estado português.

Sua energia, depois do terremoto de 1755 que destruiu Lisboa e matou centenas de milhares de pessoas, deu-lhe muito prestígio com o rei.Foi nomeado sucessivamente primeiro-ministro, conde de Oeiras e marquês de Pombal.

Durante o seu trabalho como ministro, Pombal fez muitas reformas e conquistou um grande número de adversáriospolíticos entre a nobreza, o clero e os oficiais. Ele foi o principal responsável pela expulsão dos jesuítas de Portugal e das colônias. Conhecidos por seu método de ensino eficiente, os jesuítas, atuavamcomo força católica em Portugal.

Bloquearam projetos do marquês, como casar-se com uma protestante, a herdeira do duque de Cumberland, e dar privilégios aos judeus em troca de ajuda nareconstrução de Lisboa após o terremoto. Na colônia do Brasil, onde os jesuítas tinham colégios (missões), Pombal os acusou de apoiar os indígenas na resistência contra Portugal. Os atritos com a ordem...
tracking img