Marola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1896 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

O presente trabalho apresenta uma breve exposição sobre o Biogás, o combustível do futuro. Abordaremos conceitos, situações de uso do Biogás, como: energia elétrica produzida a partir do lixo urbano, como biofertilizante, utilizando o biogás para substituir derivados de petróleo e até mesmo como combustível automotivo; reduzindo os riscos de contaminação do meio ambiente.

1-INTRODUÇÃO

A partir de um ponto de vista histórico panorâmico analisaremos as diversas mudanças profundas na sociedade desde a Revolução Industrial, quando várias zonas rurais começaram a migrar para os grandes centros urbanos, em busca de emprego e consumindo cada vez mais produtos industrializados. Com isso as regiões rurais tiveram que mudar seu modelo de produção de alimentos para suprir ademanda das aglomerações urbanas. Atividades como a suinocultura, lançaram mais e mais efluentes, contaminando os recursos hídricos e o solo. Os produtores rurais começaram a exigir mais energia através de madeira e carvão e mais tarde de derivados de petróleo, e ao mesmo tempo começaram a descartar muita matéria orgânica como o lixo. O biogás se apresenta nesse contexto como uma solução viávelpara a maioria dos problemas, porque utiliza os próprios dejetos e materiais orgânicos desperdiçados, que contaminam o meio ambiente; além de economizar madeira e carvão, evitando os impactos ambientais na construção de hidrelétricas, contaminação do solo e dos recursos hídricos.

Enfim, o biogás fornece uma forma de energia versátil e de baixo custo, e adubo orgânico de alta qualidade,o que influencia diretamente na balança comercial do agronegócio brasileiro, trazendo divisas para o país. Obtido a partir de um processo que degrada a matéria orgânica, possibilitando a produção de energia térmica e elétrica, o biogás vem de uma forma inexorável proporcionar novas aplicações para os resíduos das explorações agro-pecuárias, da atividade industrial e esgotos.

2- BIOGÁS

2.1 -O que é?

Atribui-se o nome de Biogás (também conhecido como gás dos pântanos) à mistura gasosa, combustível, resultante da fermentação anaeróbica da matéria orgânica (decomposição de matérias orgânicas, em meio anaeróbio, por bactérias denominadas metanogênicas). A proporção de cada gás na mistura depende de vários parâmetros, como o tipo de digestor e o substrato a digerir. De qualquerforma, esta mistura é essencialmente constituída por metano (CH4), com valores médios na ordem de 55 a 65%, e por dióxido de carbono (CO2) com aproximadamente 35 a 45% de sua composição. Estando o seu poder calorífico diretamente relacionado com a quantidade de metano existente na mistura gasosa. O biogás é uma mistura de gás metano ¾ principal componente, ¾ do gás carbônico e de outros gases em menorquantidade. Os outros gases possuem um cheiro desagradável (semelhante à de ovo podre), mas como sua porcentagem é muito pequena, torna-se imperceptível. Numa análise global, o biogás é um gás incolor, geralmente inodoro (se não contiver demasiadas impurezas) e insolúvel em água. Como podemos verificar em sua composição média:

Tabela 1 - Composição média da mistura gasosa

Metano (CH4) 50 a 75 %Dióxido de Carbono (CO2) 25 a 40 %
Hidrogênio (H2) 1 a 3 %
Azoto(N2)0.5a2.5% Oxigênio(O2)0.1a1% Sulfureto de Hidrogênio (H2S) 0.1 a 0.5 %
Amoníaco (NH3) 0.1 a 0.5 %
Monóxido de Carbono (CO) 0 a 0.1 %
Água (H2O) variável

O Biogásé, devido à presença do metano, um gás combustível, sendo o seu poder calorífico inferior (P.C.I.) cerca de 5500 Kcal/m3, quando a proporção em metano é aproximadamente de 60 %. A título de comparação, a tabela que se segue apresenta os P.C.I.’s para os outros gases correntes:

Tabela 2 – Poder Calorífico Inferior de diferentes Gases:

Gás P.C.I. em Kcal /m3
Metano 8500
Propano 22000
Butano...
tracking img