Marketing e influencia da midia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7019 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O IMPACTO E A INFLUÊNCIA DA MÍDIA SOBRE A PRODUÇÃO
DA
SUBJETIVIDADE
Ellen Fernanda Gomes da Silva
Aluna de Psicologia – Faculdade do Vale do Ipojuca
– FAVIP
e-mail: ellenfernanda1@hotmail.com
Ms. Suely Emilia de Barros Santos
Orientadora/Professora – Faculdade do Vale do Ipoju
ca – FAVIP
e-mail: suemilia@uol.com.br
Resumo:
A mídia vem se configurando como uma poderosa ferramenta formuladora e criadora de
opiniões, saberes, normas, valores e subjetividades
. Utilizando-se de manobras
estratégicas, a mídia, na maioria das vezes, não di
aloga, mas sim unidireciona sua
mensagem para o interlocutor, fazendo com que um gr
ande contingente de pessoas
aviste o mundo por suas lentes, seus vieses. A psic
ologia, que tem o homem e seu modo
de existir comointeresse de estudo, vem sendo inte
rrogada e levada a engajar-se nesse
debate. Este estudo não volta-se para uma “criminal
ização” dos meios midiáticos, mas
tem o propósito de analisar e refletir sobre o pode
r da mídia no âmbito da subjetividade
e como esta atua na construção de formas de ser e a
gir dos humanos, bem como a sua
influência nas interações relacionais entre humanos
.Palavras-Chaves:
1 - Comunicação; 2 - Mídia; 3 – Subjetividade
Abstract:
The media has been shaping up as a powerful creator
and formulator of opinions,
knowledge, norms, values and subjectivities. Using
a strategic maneuver, the media
does not speak, but their one-way message to the sp
eaker, causing a large number of
people catch a glimpse of the world through his len
s, its biases.Psychology, which is
man and his mode of existence as life-long study, h
as been questioned and taken to
engage in this debate. This study does not return t
o a "criminalization" of media
resources, but is meant to analyze and reflect on t
he power of the media in the context
of subjectivity and how this works in the construct
ion of ways of being and acting of
human beings and the itsinfluence on the relationa
l interactions between humans.
Key-words:
1 - Communication, 2 - Media, 3 - Subjectivity
O humano, tomando Heidegger (2002) como referência,
é o único ser que sabe
que existe. O fato de cada homem ser singular aguça
em demasia esse enigma do
“universo interior” humano. Nesse meio surge a subj
etividade, expressão que diz
respeito ao modo de ser, aquiloque particulariza o
sujeito e é construída socialmente,
numa relação de encontro do eu com o mundo, do ser-
com-os-outros-no-mundo.
Partindo do fundamento de que a mente humana está i
ntimamente relacionada
com os nossos comportamentos, desde os tempos primó
rdios diversas instituições
detentoras do poder tiveram a mente como alvo de in
vestimento do poder disciplinar,
almejaram suacompreensão como forma de se manusear
o homem.
Nesse processo de manipulação pode ser evidenciada,
principalmente nos dias
atuais, a mídia. Ela surge como um novo fenômeno qu
e invade a todos, que arquiteta,
numa sociedade midiada, uma cultura midiática. A cu
ltura da mídia vigente na
sociedade se aspira dominante, estabelecendo formas
e normas sociais, fazendo um
grande número depessoas enxergar o mundo por suas
lentes, seus vieses. Utilizada
como instrumento de manipulação a serviço de intere
sses particulares, reordena
percepções, faz brotar novos modos de subjetividade
, o que trás vantagens e/ou
desvantagens, tanto no aspecto individual como no a
specto social. A mídia, com todas
as suas ferramentas, hoje detêm o poder de fazer cr
er e ver, gerandomudanças de
atitudes e comportamentos, substituindo valores, mo
dificando e influenciando contextos
sociais, grupos, constituindo os arquétipos do imag
inário, criando novos sentidos
simbólicos como árbitros de valores e verdades.
A mídia é chamada e considerada o Quarto Poder, ou
seja, o quarto maior
segmento econômico do mundo, sendo a maior fonte de
informação e entretenimento
que a...
tracking img