Marinheiro perdido

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7626 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O MARINHEIRO PERDIDO*
É preciso começar a perder a memória, mesmo que a
das pequenas coisas, para percebermos que é a
memória que faz nossa vida. Vida sem memória não é
vida [...] Nossa memória é nossa coerência, nossa
razão, nosso sentimento, até mesmo nossa ação. Sem
ela, somos nada [...] (Só posso esperar i pela amnésia
final, a que pode apagar toda uma vida, como fez com a
de minhamãe [...])!
Luis Buñuell
Esse trecho comovente e assustador das memórias
recém-traduzidas de Buñuel suscita questões
fundamentais — clínicas, práticas, existenciais,
filosóficas. Que tipo de vida (se tanto), que tipo de
mundo, que tipo de eu podem ser preservados em um
homem
NR
*Depois de ter escrito e publicado esta história, iniciei,
juntamente com o dr. Elkhonon Goldberg — aluno deLuria e responsável pela edição russa original de The
neuropsychology of memory —, um estudo
neuropsicológico rigoroso e sistemático desse paciente.
O dr. Goldberg apresentou algumas das comprovações
preliminares em conferências; esperamos vir a publicar
um relato completo no momento oportuno.
Um filme imensamente tocante e extraordinário
sobre um paciente com amnésia profunda (Prixoner ofconsciousness) feito pelo dr. Jonathan Miller foi exibido
na Inglaterra em setembro de 1986. Também foi feito
um filme (por Hilary Lawson) com um paciente que
sofre de prosopagnosia (apresentando diversas
semelhanças com o caso do dr. P.). Filmes desse tipo
são cruciais para auxiliar a imaginação: ”O que pode
ser mostrado não pode ser dito”.
Fim NR
39
que perdeu a maior parte de sua memóriae, com ela,
seu passado e seu ancoradouro no tempo?
Isso me faz pensar imediatamente em um paciente
meu para em essas questões se aplicam com precisão:
o simpático, inteligente e desmemoriado Jimmie G., que
foi internado no início de
1975 em nosso Lar de Idosos, nos arredores de Nova
York, com uma enigmática carta de transferência
informando: ”incapaz, demente, confuso e
desorientado”.Jimmie era um homem vistoso, com uma basta
cabeleira grisalha encaracolada, um homem saudável e
bem-apessoado de 49 anos. Era alegre, cordial e
generoso.
”Olá, doutor”, ele dizia. ”Que bela manhã! Posso me
sentar nesta cadeira?” Era um sujeito jovial, ávido por
conversar e responder às perguntas que eu lhe fazia.
Informou seu nome e data de nascimento, o nome da
cidadezinha em Connecticutonde nascera. Descreveu-a
detalhadamente com carinho, chegando até a desenhar
um mapa. Falou sobre as casas onde seus parentes
tinham morado — ele ainda lembrava os números de
seus telefones. Falou da escola e dos tempos de
estudante, dos amigos que teve e da predileção por
matemática e ciências. Discorreu com entusiasmo
sobre seus tempos na Marinha - estava com dezessete
anos, acabara deconcluir o curso secundário quando
foi convocado em 1943. com sua hábil mente de
engenheiro, ele era ”talhado” para o rádio e a
eletrônica e, depois de um curso intensivo no Texas, foi
parar em um submarino, como operador-assistente de
rádio. Ele se lembrava dos nomes dos vários
submarinos onde servira, as missões de cada um, suas
posições, os nomes dos colegas de bordo. Recordava-se
docódigo morse e ainda era fluente na transmissão e
recepção em morse e em datilografia sem olhar o
teclado.
Uma vida rica e interessante, lembrada vividamente
e em detalhes, com carinho. Mas nesse ponto, por
algum motivo, suas reminiscências cessavam. Ele
recordava, e quase revivia, o tempo da guerra e do
serviço militar, o fim da guerra e seus planos para o
futuro. Acabara por gostar daMarinha, pensava em
continuar como marinheiro. Mas como GI Bill, a lei de
incentivo educacional e outros benefícios aos
americanos que serviram nas forças armadas, ele
julgou que seria mais vantajoso cursar a faculdade. Seu
irmão mais Velho estava estudando contabilidade e era
noivo de uma ”verdadeira beldade” do Oregon.
40
Ao recordar, reviver, Jimmie animava-se; não parecia
estar falando...
tracking img