Mapa de risco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5536 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES
Camila Mangueira Rocha
Estela Honório de Freitas
Jaqueline Mangueira Rocha
Paula Albergidio Rosendo
Tânia de Oliveira Vedrano

LEGISLAÇÃO TRABALHISTA

MOGI DAS CRUZES, SP

2011

UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES

Camila Mangueira Rocha 1628
Estela Honório de Freitas 0000
Jaqueline Mangueira Rocha 2117Paula Albergidio Rosendo 2274
Tânia de Oliveira Vedrano 1111

PESQUISA DE CLIMA

Prof. Alenilton da Silva Cardoso.

MOGI DAS CRUZES, SP

2011

O PROCESSO DE TERCEIRIZAÇÃO E COOPERATIVAS DE TRABALHO: CONCEITOS E LIMITES

Terceirização

Terceirização é o processo pelo qual uma empresa deixa de executar uma ou mais atividades realizadas portrabalhadores diretamente contratados e as transfere para outra empresa. Nesse processo, a empresa que terceiriza é chamada “empresa-mãe ou contratante” e a empresa que executa a atividade terceirizada é chamada de “empresa terceira ou contratada”. É bom lembrar que o processo de terceirização ocorre sempre entre duas empresas, ou seja, a situação de “empresa-mãe” e de “empresa terceira” é determinada poruma relação específica entre elas. Por esse motivo, uma “empresa-mãe”, em um processo de terceirização, pode ser “empresa terceira” em outro processo e vice-versa.

A terceirização se realiza de duas formas não excludentes. Na primeira, a empresa deixa de produzir bens ou serviços utilizados em sua produção e passa a comprá-los de outra - ou outras empresas - o que provoca a desativação –parcial ou total – de setores que anteriormente funcionavam no interior da empresa. A outra forma é a contratação de uma ou mais empresas para executar, dentro da “empresa-mãe”, tarefas anteriormente realizadas por trabalhadores contratados diretamente. Essa segunda forma de terceirização pode referir-se tanto a atividades-fim como a atividade-meio. Entre as últimas podem estar, por exemplo, limpeza,vigilância, alimentação. Ao se analisar a produção de bens e a prestação de serviços como um todo, em termos nacionais ou internacionais, vê-se que a terceirização faz parte de um processo de mudança significativa nas relações entre empresas.

De acordo com as empresas, as principais razões que justificam a terceirização são:

- é procedimento necessário para o sucesso das inovaçõesorganizacionais e gerenciais pretendidas;

- o processo permite concentrar esforços no que é definido como vantagem competitiva, transferindo o conjunto de atividades que não correspondem ao seu core business, sejam elas de apoio, ou mesmo de produção, para outras empresas;

- redução de custos ou transformação de custos fixos em custos variáveis;

- simplificação dos processos produtivos eadministrativos;

- a empresa terceira sempre encontra soluções mais criativas e menos onerosas para a produção, o que elimina parte do desperdício e do comodismo que, segundo os próprios empresários, é característico das grandes empresas-mãe.

Ênfase do Modelo de Terceirização á brasileira

Um importante objetivo da terceirização, não exclusiva do processo brasileiro, mas também presente em nosso paísé a descentralização dos riscos de produção e de distribuição de bens e serviços. Por este motivo, a terceirização tem sido vista pelas empresas como um estabelecimento de parcerias no interior do processo produtivo. Ao invés do modelo de organização vertical das atividades produtivas, onde a meta era uma empresa abranger todo o processo - conforme exigia o modelo fordista -, é corrente nos diasde hoje o movimento de desverticalização das atividades.

Cooperativas de Trabalho

A Cooperativa de Trabalho, em si, detém importante caráter social na permissão legal de participação direta dos trabalhadores no resultado do produto que detém — a força de trabalho — sem necessidade da intervenção de terceiros para alocar capital necessário à movimentação da empresa, enquanto, sob tal...
tracking img