Manual de brincadeiras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2430 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic] Faculdade Anhanguera São Caetano do Sul


Professora: Sandra Ossada
Disciplina: Multidisciplinar II







Pedagogia – 4 ºNA
DENISE MARIANA DA SILVA RA 176013
PRISCILA MARIANO RA 177916
FRANCIELLY SILVA SOARES DE MOURA RA 1189422207
















São Caetano do Sul
2011

A IMPORTÃNCIA DO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

De acordo com Piaget,o lúdico é um fator fundamental ao desenvolvimento das aptidões físicas e mentais e sociais da criança, sendo um agente facilitador para que esta estabeleça vínculos afetivos com os seus semelhantes. A escolha deste tema surgiu da necessidade de abordarmos o assunto "jogos e brincadeiras infantis" não apenas como simples entretenimento, mas como atividades que possibilitam a aprendizagem de váriashabilidades. O objetivo do mesmo é correlacionar o lúdico, a brincadeira de infância, com recursos capazes de contribuir para o desenvolvimento das funções cognitivas da criança.
Jean Piaget, para explicar o desenvolvimento intelectual, partiu da idéia que os atos biológicos são atos de adaptação ao meio físico e organizações do meio ambiente, sempre procurando manter um equilíbrio. Assim,Piaget entende que o desenvolvimento intelectual age do mesmo modo que o desenvolvimento biológico. Para Piaget, a atividade intelectual não pode ser separada do funcionamento "total" do organismo.
Jean Piaget (1896-1980) foi um renomado psicólogo e filósofo suíço, conhecido por seu trabalho pioneiro no campo da inteligência infantil. Passou grande parte de sua carreira profissionalinteragindo com crianças e estudando seu processo de raciocínio. Seus estudos tiveram um grande impacto sobre os campos da Psicologia e Pedagogia.
“Brincar não é perder tempo, é ganhá-lo.
É triste ter meninos sem escola,
mas mais triste é vê-los enfileirados em salas sem ar,
com exercícios estéreis,
sem valor para a formação humana.”

Carlos Drummond de Andrade

A criança no brincarconstrutivo, como o faz-de-conta, ela busca experiências em que lhe da prazer no brincar, ela impõe suas próprias regras, para extravasarem seus sentimentos.



ASPECTOS SOCIAIS
1º Brincadeira
Título:
A música dos nomes
Faixa Etária:
A partir dos 5 meses
Principal área de desenvolvimento:
Aspectos sociais
Demais áreas também favorecidas:
Aspectos afetivos
Tempo:
15 a 30 minutos
Localda Atividade:
Sala de atividades, pátio ou jardim
Dinâmica:
Escolha uma música no qual você possa incluir o nome das crianças. Alguns exemplos: “Se eu fosse um peixinho”, “A canoa virou”, “Ciranda, Cirandinha” e “Fui no Itororó”. Reúna a turma em um local agradável, já que a intenção é fazer com que se familiarizem com os nomes. Aos que já andam, sugira uma roda, que vai se formando com aquelesque ouvem o próprio nome.

2º Brincadeira
Título:
Quem está aqui?
Faixa Etária:
De 2 a 3 anos
Principal área de desenvolvimento:
Aspectos sociais
Demais áreas também favorecidas:
Aspectos afetivos.
Tempo:
30 minutos
Material:
Lanternas pequenas
Local da Atividade:
Sala com pouca luz
Dinâmica:
Entregue uma lanterna pequena e acesa para cada criança, depois leve-as a um espaço comluminosidade reduzida e sem móveis, para que não se machuquem, ao chegar no local, deixe que andem livremente pela sala, incentivando-as a explorar o ambiente.


3º Brincadeira
Título:
Batata quente
Faixa etária:
A partir de 5 anos
Principal área de desenvolvimento:
Aspectos sociais
Demais áreas também favorecidas:
Aspectos afetivos
Tempo:
30 minutos
Material:
Objeto para ser abatata quente
Local:
Pátio ou Sala de aula
Dinâmica:
As crianças deverão permanecer sentadas no circulo, voltadas para o centro. Uma delas escolhida por sorteio começa a brincadeira sentada de costa para o grupo e cantando "batata-quente, quente,.....queimou". A criança que estiver com o objeto na mão neste momento deverá continuar cantando.

4º Brincadeira
Título:
Faça o que eu faço...
tracking img