Manifesto comunista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1329 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESENHA DA OBRA LITERÁRIA: MANIFESTO COMUNISTA DE MARX E ENGELS
Esta obra literária que perpassa os séculos foi encomendada a dois intelectuais comunistas, que são sem dúvidas umas das figuras mais importantes da ideologia comunista científica, ou seja, Marx e Engels. A mesma foi constituída pelas múltiplas aglutinações de idéias e ideais críticos que transitavam no mundo da revolução da época.Nessa literatura são encontrados profundos conhecimentos científicos econômicos para um maior entendimento de futuras modificações, nos meios sociais, não tão longínquas. Tendo como um dos objetivos centrais "o chamamento" convocando os proletariados para a luta.
Com uma organização, aparentemente, simplista a obra Manifesto Comunista foi dividido em três partes, que são: uma concisa introdução,três sucintos capítulos e uma curta conclusão. Mas, com profundos saberes em suas entrelinhas que eram e são necessários para o desenvolvimento do senso crítico dos atores ativos e políticos que formam a classe dos trabalhadores assalariados modernos que, privados de meios de produção próprios, se vêem obrigados a vender sua força de trabalho para poder existir (MARX & ENGELS, 1848. p. 01.),ou seja, os proletariados. Vejamos um breve resumo sobre o que tratam essas partes.
Na introdução é problematiza o profundo abalo que o movimento comunista causa nas bases das classes dominantes representadas, no momento, pela a consagrada Igreja Católica, a crescente e emergente burguesia e seus dirigentes políticos. Diante de uma situação de temor esses distintos dirigentes intelectuaisuniram-se formando uma nova força ideológica para silenciar e acabar de vez com rival, que começou a abrir os olhos dos que eram vítimas do status quo com as várias explorações. Fazendo surgir na classe pobre e trabalhadora o senso crítico como atores políticos no mundo em que vivem. Questionando sempre essa imposição que excluía (e exclui) economicamente os mesmos. Nesse contexto, é possível perceber ocomunismo como uma estratégia política de luta entre as classes que expõe as suas ideologias comunistas através das questões econômicas explorátivas. É importante salientar, que em Marx e Engels a sociedade se dividiu de maneira histórica e econômica em duas grandes classes opostas, a burguesa e proletária. E por burguesia compreende-se a classe dos capitalistas modernos proprietários dos meiosde produção social, que empregam o trabalho assalariado (MARX & ENGELS, 1848. p. 01.). Essas classes se formam com a junção de seus atores, por situações econômicas e interesses semelhantes.
No primeiro capítulo uma luta ideologia entre duas classes sociais é narrada e contextualidade através da historicidade e dos saberes científicos econômicos com a utilização, estratégica e metodológica, dopassado remoto das civilizações antigas até a contemporaneidade moderna da época. O acumulo do capital primitivo através das colonizações e explorações é uma das voltas ao passado para a compreensão do presente, economicamente falando, entrelaçando os continentes africano, americano e asiático. Esses intelectuais comunistas com uma visão macro e complexa sobre as metamorfoses industriaisburguesas centram-se em descrever, nesse capítulo, as suas adaptações e possíveis conseqüências no mundo. Anunciando, ainda que brevemente, os intensos indícios da mundialização. Tudo isso, é analisado e discutido a partir de aspectos históricos que os avanços tecnológicos estavam seguindo.Como, por exemplo, a magnitude territorial que o comércio (com suas relações de troca originando cada vez maislucratividade) estava tomando, as novas tecnologias que as grandes navegações obtinham com o passar do tempo e os muitos meios de comunicações que se aperfeiçoavam de acordo com a necessidade emergente da prevista muldialização. Nessa obra pode-se prever o tamanho do grandioso iceberg que o capitalismo se tornaria, com forças nunca pensadas e imaginadas antes. Tais perspectivas de explorações...
tracking img