Maleficios da carambola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (422 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Males causados pela carambola
Carambola pode matar doente renal crônico, diz pesquisa
Uma pesquisa iniciada em 1996 na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da descobriu que a carambola possuiuma neurotoxina (só atua no sistema nervoso) que pode levar os doentes renais crônicos à morte. “Pacientes com insuficiência renal estão proibidos de comerem o fruto ou o doce ou ingerirem o suco decarambola”, afirma o professor associado do Departamento de Bioquímica e Imunologia da faculdade, Joaquim Coutinho Neto. A cura dá-se com a hemodiálise.
Em 35 casos documentados com doentes nessasituação, o médico-assistente da Divisão de Nefrologia do Hospital das Clínicas, Miguel Moysés Neto, constatou sete óbitos, dois anteriores ao início do estudo.
“A carambola é saudável, boa e rica emvitamina C.
É indicada para combater febre, estimular o apetite, além de prevenir o envelhecimento, por ser rica em polifenóis. O chá da folha nova da carambola em jejum é bom para diabéticos. Ela servepara amenizar a febre. .
A carambola é usada na cura de *hemorróidas, diurética, vermífugo e antídoto contra venenos. A fruta só faz mal às pessoas que tenham insuficiência renal”, afirma o médicoDr. Coutinho. Ele recomenda ainda atenção aos diabéticos que tenham lesão renal e epilépticos em tratamento.
“A neurotoxina da carambola, ingerida por uma pessoa normal que come a fruta, é absorvidapela digestão, filtrada pelo rim e excretada, sem sintomas”, diz Coutinho. “Mas, se o rim não funciona, essa toxina é absorvida, concentra-se no sangue, atinge os neurônios em concentração maior eprovoca soluços e convulsões.”
A partir daí, intensificaram-se os estudos. Outros pacientes intoxicados foram atendidos, quatro morreram (de Divinópolis, Uberaba, São Paulo e Franca) – os outros dois, umde Ribeirão Preto e outro de Franca, morreram antes do início da pesquisa. “Um intoxicado grave morre até com o tratamento; a convulsão avançada é quase irreversível”, explica ele.
E isso é tão...
tracking img