Luxo do povo e o povo do luxo apresentação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (889 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O LUXO DO POVO E O POVO DO LUXO:

consumo e valor em diferentes esferas sociais no Brasil
Débora Krischke Leitão e Rosana Pinheiro Machado

Camila Alves Ribeiro Santos Fernanda G. Paiva de LimaIsabela Melo de Souza Mara Fernanda Teixeira de Souza

AUTORAS
DÉBORA KRISCHKE
''Sempre vestida de preto, apaixonada por perucas, gatos e livros, Débora Krischke Leitão é uma das antropólogas queestuda o consumo na Sociedade Contemporânea. Aos 27 anos, Débora está concluindo o Doutorado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre , sobre moda b ra s i le i ra e re p re s en ta çõ e s d e n a çã o e brasilidades.Precoce, a antropóloga já desenvolveu pesquisas sobre os significados contemporâneos da tatuagem, padrões de beleza, consumo, vestuário e estilos de vida. Devolta ao Brasil, em julho, Débora publicou seu primeiro livro e conversou com o Moda Brasil sobre suas experiências estudando a moda através da Antropologia.''

AUTORAS
ROSANA PINHEIRO
Antropóloga,mestre e doutoranda pelo PPGAS da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com estágio na University College London (UCL). As áreas mais amplas que concentram seus estudos são AntropologiaEconômica, da Globalização e Cultura Material. Realizou trabalho de campo no Brasil, Paraguai e na China.Suas atividades recentes procuram fazer uma interface com a Antropologia/Sociologia da China,desde que realizou etnografia nas zonas econômicas especiais (ZEE) do sul do país. Editou, em colaboração com Débora Krischke Leitão e Diana Lima, o livro Antropologia & Consumo.

INTRODUÇÃO
BENSSÃO NULOS: só agregam valor e autenticidade em contexto
social.
é um ato simbólico e social que passa pelos discursos legitimadores de determinados grupos e classes.

Ex: Bolsas que foramconsideradas feias, mas dentro de um contexto simbólico de marcas famosas. Alto valor agregado.

DE CIMA PARA BAIXO: A PIRATARIA COMO IMITAÇÃO DO CONSUMO DE ELITES BRASILEIRAS

DE CIMA PARA BAIXO: A...
tracking img