Luta armada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2801 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA
DO
BRASIL
CONTEMPORÂNEO

PROFESOR: RICARDO PIMENTA
TEMA: A LUTA ARMADA DURANTE A DITADURA MILITAR
BLOG: LUTA-ARMADA.BLOGSPOT.COM.BR
GRUPO: CAIO LAU, JAQUELINE WAIANDT, JULIANA RIBEIRO, MARIANA BELINAZO E PALOMA ANDRADE

Rio de Janeiro, 14 de Novembro de 2012.
INTRODUÇÃO


Sabemos que nosso país possui uma longa e divergente história política, que foi se tornando mais emais articulada ao passar dos anos desde a primeira república até os dias de hoje. Queremos através de um processo de pesquisa, trazer detalhes sobre o desdobramento de um dos períodos mais marcantes da história política no Brasil, o período ditatorial. Dando atenção especial a participação popular, suas opiniões e a luta armada que surgiu da insatisfação de brasileiros naquele determinado período.Do marcante ano de 1964 em diante faremos uma breve análise sobre os fatos ocorridos, o ponto de vista da sociedade em geral, detalhes sobre os militantes e suas ações contra o governo, e as consequências que a ditadura deixou para a população brasileira em geral.
O golpe militar de 1964, iniciado com o afastamento de João Goulart, deu inicio ao período conhecido como regime militar brasileiro.A partir desse momento, drásticas mudanças ocorreram em âmbito administrativo, legislativo e judiciário, como, por exemplo, os atos institucionais (utilizados como ferramentas para governar), a repressão, os exílios e a nova constituição com intuito substituir a velha constituição de 1946, vigente até então.
Tais fatos trouxeram uma nova visão de governo que dividiu a sociedade entre os queobtinham uma visão otimista e os que sentiam medo e a exclusão que aquele novo período trazia consigo, por conta disso, grande parte dos historiadores e escritores afirmam que a ditadura militar, na verdade, foi uma ditadura civil-militar, devido ao apoio de uma determinada parcela da população que via o comunismo tão detestado pelos militares como uma ameaça provável.
(REIS FILHO, Daniel Aarão.Ditadura Militar, esquerdas e sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.)


Contexto Histórico
A Luta Armada situa-se no contexto dos governos militares, marcado por intervenções recorrentes na história da república brasileira e por um rigoroso regime ditatorial que restringiu o exercício da cidadania e reprimiu com violência todos osmovimentos de oposição.
Esse período se inicia através do Golpe Militar de 1964, que ocorreu durante o governo de João Goulart (sucessor de Jânio Quadros), período em que o Brasil luta pela autonomia do nacional-estatismo.

“Para além de suas diversidades, essas diferentes iniciativas esboçaram o projeto ambicioso de construir um desenvolvimento nacional autônomo no contexto do capitalismointernacional, baseando nos seguintes elementos principais: um Estado fortalecido e intervencionista; um planejamento mais ou menos centralizado; um movimento, ou um partido nacional congregando as diferentes classes em torno de uma ideologia nacional e de lideranças carismáticas, baseadas numa íntima associação, não apenas imposta, mas também concertada, entre Estado, patrões e trabalhadores. Era aídisseminada a crítica aos princípios do Capitalismo Liberal e à liberdade irrestrita dos capitais. Em oposição, defendia-se a lógica dos interesses nacionais e da justiça, que um Estado intervencionista e regulador trataria de garantir.” (REIS FILHO, Daniel Aarão. Ditadura Militar, esquerdas e sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002. p. 13)

Os militares queriam afastar a “ameaça comunista” doBrasil, pois tinham um grande alinhamento ideológico com os Estados Unidos.

“Esse grupo queria um Brasil modernizado e internacionalizado, com o saneamento das finanças, o empurrão do capitalismo nacional a um outro patamar, a integração aprofundada com o capital internacional e subserviência aos Estados Unidos na polarização da Guerra Fria.” (TUCCI CARNEIRO, Maria Luíza. (org). Minorias...
tracking img