Loucos anos 20

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1123 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Eu escolhi este tema porque, na minha opinião, os anos 20 foram uma época muito importante, porque, a mulher passou a ter valor na sociedade. Começou a ter direito a votar, a vestir roupa curta e justa, começando também a maquilhar-se, não dependendo do seu companheiro. A mulher conquistou a sua autonomia. Espero com este trabalho entender melhor este tema.“Loucos anos vinte”

A primeira guerra mundial provocou profundas transformações a nível económico e social na Europa, ela provocou também transformações no quotidiano, na maneira de pensar e de sentir da sociedade.
O sofrimento e os desgostos vividos pela guerra foram esquecidos pelo desejo eufórico de gozar a vida. A população procurava viver avidamente cadamomento com uma alegria e um entusiasmo muitas vezes excessivo.
Esta “fúria de viver” atingiu o seu auge na década de 1920 daí a designação dos “loucos anos vinte”.

Mudança na sociedade
A maioria das mudanças ocorreu por parte das mulheres, desde o seu modo de vestir, estatuto social e os seus comportamentos.
Apareceram novos estilos de dança(tango;swing;rumba…)e géneros musicais (jazz:foxtrot;charleston).Nasceu o gosto pela vida noturna em cabarés e clubes noturnos.
O desporto ganhou um grande vulgor (o box; corridas de automóveis; ténis; futebol…).

Movimento feminista
No começo do séc. XX , já passados mais de 100 anos da revolução francesa, que consagrara o princípio da igualdade dos cidadãos, as mulheres ainda não gozavam de direitoscivis fundamentais, nem de quaisquer direitos políticos.
Considerava-se que a mulher era incapaz de assumir responsabilidades, devendo, pois isso estar sujeita à tutela do chefe de família, fosse ele o pai, o marido ou o irmão.

Era educada apenas para cuidar da vida doméstica. Se tivesse de trabalhar fora de casa, a fim de ajudar a sustentar a mesma, apenas lhe ofereciam cargos comuns e saláriosmais baixos do que o homem.
A mulher nesta altura sente que não tem os mesmos direitos que um homem. Começa então uma era de auto-afirmação da mulher na sociedade. Esta ideia de igualdade surgiu quando, na 1º grande guerra, as mulheres eram chamadas para trabalhar em fábricas. Começavam a ver que tinham um importante papel na sociedade e que o deveriam reclamar. Fazem-se então manifestações quehá uma tentativa de repressão por parte policial. Mas como o movimento se espalhou rapidamente estes já nada poderiam fazer para o deter. As mulheres que efectuavam este tipo de manifestações eram letradas. Queriam os mesmos direitos que os homens. Nesta altura para ter o poder de voto tinha-se que ser maior de idade, chefe de família e com curso superior
Durante a guerra (revolução francesa), asmulheres substituíram os homens em muitas actividades profissionais. Começaram então a “impor-se “e a libertar-se da relação de dependência com o homem, a família e também na sociedade.

Como nasceu o movimento feminista

Até o início do século XX, cabia inquestionavelmente à mulher ocupações relacionadas, directa ou indirectamente, à maternidade, ou seja, amamentar os recém-nascidos ealimentar e educar as crianças. Após a primeira guerra mundial a condição social da mulher alterou-se profundamente. As mulheres passaram a trabalhar fora de casa em maior número, a frequentar os cafés e locais públicos. O movimento das sufragistas defendia e lutava pela igualdade jurídica e política das mulheres relativamente aos homens. Nesta época o mundo ocidental tentava esquecer a guerra, vivendode forma alegre e mais descontraída. Aumentou o número de cafés, bares, salões de dança e teatros. Este período foi, por isso, denominado como «os loucos anos 20».

A mudança de visual e do comportamento da mulher

Visual:
Livre dos espartilhos, usados até o final do século XIX, a mulher começava a ter mais liberdade e já se permitia mostrar as pernas, o colo e usar maquilhagem. A boca...
tracking img