Logoterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2233 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FICHAMENTOKROEFF, Paulo. Logoterapia: Uma visão da psicoterapia. Rev. Abordagem Gestalt, Goiânia, v.17,  n.1, jun. 2011. |

Introdução
“Viktor Frankl, o criador da logoterapia, aceitou a indicação de outros autores de situar sua teoria dentro da psicologia humanista ou da psiquiatria existencial (Frankl, 1983)” (pág. 68) [porém pontuou as diferenças entre essas orientações].
“(...) termoauto-realização, o qual tenderia a enfatizar demasiadamente a possibilidade de a pessoa se realizar em si mesma. Para a logoterapia, esta realização só ocorre após o sentido de vida ser concretizado, o que é possível quando o indivíduo sai de si, ao encontro de alguém ou de algo que está no mundo. Por isto, Frankl prefere falar de autotranscendência, como pré-requisito para a realização.” (pág. 68).“Já Frankl afirma que a vida sempre tem sentido, o qual está no mundo, sendo simplesmente necessário que este sentido seja "descoberto" pela pessoa.” (pág. 68).
“Conscientizando-se a pessoa da questão do sentido, o qual é realizado pela concretização de valores, cria-se uma responsabilidade para o ser humano, o que Frankl marcava como um dever-ser (Frankl, 1978, p. 198).” (pág. 68-69).
“Emais ainda, ao trazer para a psicoterapia, através da logoterapia e da análise existencial, a reflexão sobre a liberdade e a responsabilidade, traz para este campo um poder-ser do ser humano, pois a liberdade lhe abre possibilidades que podem ou não ser concretizadas.” (pág. 69).
“(...) Frankl assinalava a necessidade de agregar à visão de homem uma dimensão mais além das dimensões física epsíquica, lembrando que apesar de o homem ser uma unidade físico-psíquica "esta unidade não constitui o homem total; precisamente o espiritual é que institui, funda e garante a totalidade do homem" (Frankl, 1991b, p. 117). Frankl admite que "a logoterapia é o resultado de uma aplicação dos conceitos de Max Scheler à psicoterapia" (Frankl, 1970, p. 10).” (pág. 69).
“Vemos que Frankl presta, nas linhasacima, uma grande homenagem a seus primeiros mestres, mas não deixa de assinalar a necessidade de prosseguir a caminhada. (...) Ao referir-se a estas importantes contribuições dizia que "temos o dever de voltar o olhar para elas", ressaltando, contudo, que "também temos o direito de delas nos afastarmos" (Frankl, 1991b, p. 116).” (pág. 69).
“(...) a consciência e a responsabilidade constituemprecisamente os dois fatos fundamentais da existência humana. O qual, traduzido numa forma antropológica fundamental, podia expressar-se assim: ser-homem equivale a ser-consciente-e-responsável (...) são os dois aspectos juntos e combinados que oferecem a imagem total e verdadeira do homem (Frankl, 1967, p. 13).” (pág. 69) [ Frankl não era adepto de uma visão reducionista, mas sim à de estudar o homemem sua totalidade].
1. Filosofia e Antropologia como Bases da Psicoterapia
“A tese que nos serviu de ponto de partida: Ser homem é ser livre e ser responsável" (V. E. Frankl)” (pág. 69)
“(...) É compreensível, então, que Frankl visse na filosofia e na antropologia as bases da sua psicoterapia. Considerem-se as frases a seguir: "Não há psicoterapia sem uma teoria do homem e uma filosofia devida embasando-a. Intencionalmente ou não intencionalmente, a psicoterapia é baseada nelas" (Frankl, 1970, p. 15); e "As implicações clínicas da logoterapia derivam-se, na verdade, de suas implicações antropológicas" (Frankl, 1970, p. 99).” (pág. 70).
“Frankl não podia ser mais claro e explícito: é na imagem de homem e na sua filosofia de vida que temos a chave para a psicoterapia. E sobre isto,veja-se o que oferece a logoterapia: "O conceito de homem da logoterapia está baseado em três pilares, a liberdade da vontade, a vontade de sentido, e o sentido da vida" (Frankl, 1970, p. 16).” (pág. 70).
“(...) A logoterapia, portanto, substitui a fórmula nihilista de que o homem ‘é somente’ (um animal mais evoluído, um produto do acaso...) pela fórmula positiva de que o homem é ‘muito mais do...
tracking img