Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1803 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA
CURSO DE GESTÃO EM LOGISTICA





ANDREISSA DOS SANTOS OLIVEIRA
DEODATO GONÇALVES FERREIRA
EMERSON KENNEDE DA SILVA
ERNANDES MARTINS DE FREITAS
FABRÍCIO BATISTA DE MATOS
ISNALDO SOUZA DIAS
RICARDO GOMES TEIXEIRA




ARTIGO DO TRABALHO INTERDISCIPLINAR EM GESTÃO EM LOGÍSTICA DO 1º PERÍODO – SALA 321 - DO CURSO DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICABELO HORIZONTE 2011
ANDREISSA DOS SANTOS OLIVEIRA
DEODATO GONÇALVES FERREIRA
EMERSON KENNEDE DA SILVA
ERNANDES MARTINS DE FREITAS
FABRÍCIO BATISTA DE MATOS
ISNALDO SOUZA DIAS
RICARDO GOMES TEIXEIRA



ARTIGO DO TRABALHO INTERDISCIPLINAR EM GESTÃO EM LOGÍSTICA DO 1º PERÍODO – SALA 321 - DO CURSO DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA



Artigo interdisciplinar apresentado aoCentro Universitário Newton Paiva, ao Curso Tecnológico em Logística com o objetivo de obtenção parcial de crédito em todas as disciplinas do primeiro período, sobre a orientação de todos os professores.

Professor Tutor: MYRIAN CONSTANTINO DE ALMEIDA



Fundamentação Teórica









BELO HORIZONTE

2011
A LOGÍSTICA COMO DIFERENCIAL ESTRATÉGICO


ANDREISSA DOS SANTOS OLIVEIRADEODATO GONÇALVES FERREIRA
EMERSON KENNEDE DA SILVA
ERNANDES MARTINS DE FREITAS
FABRÍCIO BATISTA DE MATOS
ISNALDO SOUZA DIAS
RICARDO GOMES TEIXEIRA


RESUMO: O presente artigo tenta demonstrar a importância da logística como diferencial estratégico. No mundo cada vez mais competitivo e complexo no campo da logística, é necessário definir bem os caminhos a serem trilhados, para atender umnível de serviço cada vez melhor. Na velocidade de atender e dispor produtos ou serviços aos clientes no tempo e no local exato, oferecendo assim, um nível de serviço alto. Sendo assim, é imprescindível um planejamento estratégico e consistente nos serviços oferecidos para ter um diferencial dentro da cadeia de suprimentos; no qual estratégias não convencionais, desconhecidas e até mesmoaparentemente sem sentido serão levadas em consideração. Isso implica voltar-se por inteiro para os quatro componentes de uma boa estratégia logística: Clientes, fornecedores, concorrentes e a empresa propriamente dita. Avaliar as necessidades, os pontos fortes e fracos, as metas e perspectivas de cada um desses componentes, é um começo. A seguir um “brainstorming” sofre o que se pode conseguir com umaestratégia de nicho é o resultado desse processo de estabelecimento da visão. A logística não corresponde somente ao transporte dos bens, mas também diz respeito à troca de informações dentro das empresas e entre parceiros. E, levando em conta que a informação é a chave para qualquer negócio, existe sempre o cuidado na forma como ela será transmitida e tratada. Sem as observações acima, as empresas estãofadadas aos erros observados pelo nosso grupo, ou seja, a redução drástica no nível de serviço.

1. PALAVRAS-CHAVE: ESTRATÉGIA. VELOCIDADE. DIFERENCIAL. LOGÍSTICA.







INTRODUÇÃO


Neste trabalho apresentaremos alguns problemas verificados devido a inobservância das estratégias logísticas nas empresas, bem como, ferramentas para evitar tais ocorrencias. São observações queconseguimos identificar em textos lidos de autorres que escreveram sobre o assunto logística.


2. DESENVOLVIMENTO

Segundo Ballow, 2006, ( Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos, Cap. IV, pag. 109 ) assim como a qualidade de um produto pode ser julgada pelo cumprimento das proprias especificações, pode se avaliar a logística do serviço ao cliente pela eficiência dos processos das cadeias desuprimento, no cumprimento dos prazos da entrega, frequencia da existencia de estoques, no indíce de acurácia no atendimento dos pedidos e outras variáveis de serviços. Qualidade e serviço ao cliente são sinonimos e, por isso mesmo, grande parte do que já foi dito a respeito da qualidade dos produtos nos ultimos 10 ou 15 anos, aplica-se igualmente ao serviço ao cliente.

Na edição 77 da “Revista...
tracking img