Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4675 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Gestão de Armazém

Ana Luísa Luciano

Mestrado em Engenharia e Gestão Industrial
Dispositivos e Redes de Sistemas Logísticos

Dezembro 2008
1

Resumo
Este trabalho concentra-se numa importante etapa da cadeia de abastecimento de qualquer organização, a gestão de armazéns. O tema é abordado no contexto actual e introduzido na estrutura das actividades logísticas, sendo identificadas asoperações internas, características e funções de um armazém. De seguida, são apresentadas diversas formas de armazenagem, disposição de espaço/ equipamento e de que forma as mesmas podem influenciar o funcionamento e gestão de um armazém.

Ferramentas de gestão, integrando a mais alta tecnologia disponível actualmente, tal como WMS - Warehouse Management System, são exploradas, dando lugar àcaracterização e distinção de alguns tipos de identificadores utilizados no meio.

Foi adicionalmente considerado um caso de estudo, relativo ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, que faz a ponte entre conceitos teóricos e a aplicação de um sistema de gestão, com o objectivo de responder aos problemas enfrentados pela unidade até então, na área de armazenagem.

É proposta uma extensão aotrabalho desenvolvido, através da análise de outro tipo de armazéns, com outras características e necessidades específicas, podendo ou não englobar um modelo de formulação matemática de optimização de espaço, melhorando assim a componente de layout.

Palavras-chave: Logística, Gestão da Armazém, WMS - Warehouse Management System.

2

Índice

Página

I.

Introdução

4

II.

A Gestão deArmazém

5

III.

Armazenamento

7

IV.

Sistemas de Gestão de Armazém

8

V.

Tipo de Identificadores Caso de estudo – HSM

11

VI.

13

VII.

Conclusões e Recomendações

17

VIII.

Referências Bibliográficas

19

IX.

Anexos

20

3

I. Introdução
As exigências da economia global obrigam a que, actualmente, as empresas adoptem um nível elevado deflexibilidade, de forma a responder rapidamente às exigências de mercado. A flexibilidade de uma unidade industrial envolve a relação do cumprimento dos requisitos de produção com a gestão de recursos limitados. Esta gestão de recursos, sejam eles físicos ou humanos, revelam uma elevada importância na performance da empresa, podendo tornar-se uma vantagem competitiva quando optimizados. O ambienteem que as empresas operam actualmente é muito complexo e fortemente competitivo, como tal, a aposta pela diferenciação e o estabelecimento de vantagens competitivas, são ambos pontos essenciais para o sucesso de uma organização. Desta forma, a logística de toda a respectiva cadeia de abastecimento, isto é, o planeamento estratégico de fluxos de materiais e informação, possibilitam quando bemdimensionada, uma eficiente gestão de recursos limitados. O papel da armazenagem é hoje em dia, fundamental para o sucesso de uma empresa. No que diz respeito aos recursos limitados, o inventário (ou stock) pode representar a maior parcela de preocupação para uma organização, já que material parado representa elevados custos. É geralmente num espaço designado como armazém, que se depositam osmateriais, quer matérias-primas, produtos intermédios ou finais. Este espaço é alvo de elevada importância em toda a logística da empresa, como tal uma correcta gestão de armazéns é uma mais-valia na cadeia de abastecimento de qualquer organização.

A armazenagem é uma das áreas mais tradicionais da logística e tem passado por profundas transformações nos últimos anos. Essas mudanças reflectem-se naadopção de novos sistemas de informação aplicados à gestão da armazenagem, em sistemas automáticos de movimentação e separação de produtos e até mesmo na revisão do conceito do armazém como uma instalação com a principal finalidade de depositar produtos.

4

II. A Gestão de Armazém
A gestão de armazém visa gerir as entradas e saídas de materiais do armazém, e os objectos de custo a que aqueles...
tracking img