Logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (363 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Entrevista com a empresa All

1. Ocorre desperdício da soja durante o trajeto? Porque isso ocorre?

R: Segundo o analista de produção da América Latina Logística (All) Mario Guiberto, ocorredesperdício de soja no trajeto, porém não é considerado um agravante, pois a soja que se perde é reaproveitada por empresas terceirizadas de varreduras.O desperdício ocorre devido a utilização de vagõesantigos, rachaduras e má vedação das portas. A empresa All está renovando suas frotas de vagões para a melhoria do transporte, maior rapidez no escoamento entre outros.

2. Quais são os tipos devagões utilizados pela All para o transporte da soja?

R: O principal vagão utilizado para o transporte da soja é o HFT, apresentando bitóla larga, portas fechadas, onde são encontradas em vagões maismodernos.

3. Quantos vagões em média são utilizados para o transporte da soja?

R: Segundo Mario Guiberto, a All transportou em 2010 um valor em torno de 5 mil toneladas de soja, onde foramutilizados em média 63 vagões.

4. Qual o ponto de partida e ponto de destino da soja?E qual o tempo médio

R: O ponto de partida da soja é de Mato Grosso do Norte, com destino no Porto de Santos,levando em torno de 72 / 92 horas, dependendo da demanda e do congestionamento entre a serra e o porto.

5. Quais são os principais clientes?

R: Os principais clientes da Empresa All são: Caramuru,Coimbra, Bunge, Cargill , Amaggi ,Copersucar,Dreyfus,Trevo e Usina Santa Terezinha.

7. Quais os principais gargalos logísticos no transporte da soja?

R: Segundo o analista Mario Guiberto, osprincipais gargalos logísticos está centralizado no Porto de Santos, pois a All apresenta uma frota de vagões modernizados nos quais os equipamentos portuários apresentam uma certa inferioridade emrelação a All, sendo assim o porto não acompanha o crescimento necessário para a demanda atual, exemplo disto é a Moega, que no porto de Santos tem capacidade de 15 minutos para o escoamento e a empresa...
tracking img