Logistica reversa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1173 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Logística Reversa

O conceito de logística inversa tem várias definições, em função dos autores ou organismos em causa. Apresentam-se a seguir algumas definições de logística inversa:
* Segundo o CSCMP, logística é "a parte do processo da cadeia de abastecimento que planeja, implementa e controla o eficiente e eficaz fluxo direto e inverso (logística inversa), e a armazenagem deprodutos, serviços e informação relacionada, desde o ponto de origem até ao ponto de consumo, com o propósito de satisfazer os requisitos dos clientes", e devo acrescentar dos usuários internos que se utilizam da informação financeira / econômica resultante.
* Segundo os autores Rogers e Tibben-Lembke (1998), a logística inversa pode ser definida como: "o processo de planejamento, implementaçãoe controlo da eficiência e eficácia e dos custos, dos fluxos de matérias-primas, produtos em curso, produtos acabados e informação relacionada, desde o ponto de consumo até ao ponto de origem, com o objectivo de recapturar valor ou realizar a deposição adequada".
* Segundo o autor Bruno Paoleschi, logística reversa “é a área da logística que trata dos aspectos de retorno de produtos,embalagens ou materiais ao seu centro produtivo”.
* De acordo com LAMBERT et al. (1993), a Logística Reversa considera que a reutilização, reciclagem, substituição e descarte são questões importantes para a interface com as atividades logísticas de compras e suprimentos, transporte, armazenagem e embalagem à medida que o fluxo reverso de materiais ocorre, inevitavelmente os responsáveis por estasatividades deverão ter ciência do andamento do processo para melhor planejar e organizar suas tarefas. YOUNG (1996), cita que alguns acreditam no futuro da Logística Reversa como ponto de destaque na armazenagem e distribuição na primeira década do século XXI.

Atualmente a logística não aborda somente os fluxos físicos e informacionais tradicionais, é muito mais abrangente, envolvendotodos os fluxos físicos, informacionais, toda a gestão de materiais e toda a informação inerente, nos dois sentidos, direto e inverso.
A logística reversa trata genericamente, do fluxo físico de produtos, embalagens e outros materiais, desde o ponto de consumo até ao local de origem. Possui um papel preponderante neste novo conceito de logística, muito mais global e abrangente.Apesar de ser um tema extremamente atual, esse processo era contínuo e aparentemente cessou a partir do momento em que as embalagens passaram a ser descartáveis. Contudo, empresas incentivadas pelas Normas ISSO 14000 e preocupadas com a gestão ambiental, também conhecida como “logística verde”, começaram a reciclar materiais e embalagens descartáveis, como latas de alumínio, garrafas plásticas ecaixas de papelão, entre outras, que passaram a se destacar como matéria-prima e deixaram de ser tratados como lixo.
Assim, observamos a logística reversa no processo de reciclagem, uma vez que esses materiais retornam a diferentes centros produtivos em forma de matéria-prima.
No Brasil ainda não existe nenhuma legislação que abranja esta questão, e por isso o processo delogística reversa está em difusão e ainda não é encarado pelas empresas como um processo necessário, visto que a maioria das empresas não possui um departamento específico para gerir essa questão de coletar e a dar destinação final, ambientalmente adequada, aos inservíveis.








Este conceito está em constante crescimento no Brasil e no mundo, e ficaclaro que as empresas, cada vez mais, têm se preocupado em considerar os custos adicionais e as reduções de custos que esse processo pode ocasionar.

Ao final dos processos logísticos realizados nos armazéns, são descartadas quantidades enormes de materiais como fitas de arquear aço e plástico, papelão, caixas plásticas, paletes de madeira, filmes de polietileno, espumas plásticas,...
tracking img