Livros luciola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6131 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
José de Alencar

LucíoLA

1. Biobibliografia
José Martiniano de Alencar nasceu em Mecejana, Ceará, em 1829. Estudou direito na faculdade do Largo do São Francisco, em São Paulo, onde conheceu — e formou a Sociedade Epicureia — os românticos Álvares de Azevedo, Bernardo Guimarães e Aureliano Lessa. Dedicou-se também à política, elegendo-se deputado por vários mandatos, além de ocupar o cargode ministro da Justiça do imperador Pedro II. Decepcionado com a política, passou a dedicar-se à literatura de maneira mais intensa a ponto de tornar-se o mais completo escritor romântico. José de Alencar morreu, em 1877, aos 48 anos de idade.
Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Crítica literária e polêmica
Cartas sobre a Confederação dosTamoios (1856); Ao imperador: Cartas políticas de Erasmo e Novas cartas políticas de Erasmo (1865); Ao povo: Cartas políticas de Erasmo (1866); O sistema representativo (1866).

Crônica
Ao correr da pena (1874).

2. O Romantismo
O Romantismo, escola à qual pertence José de Alencar, teve a sua origem na Inglaterra, em 1798, com a publicação do livro Baladas líricas, dos poetas ingleses Coleridgee Wordsworth. Embora tenha surgido na Inglaterra, foi na França que esse movimento se consolidou, expandindo-se por toda a Europa. Com a Revolução Francesa (1789-1799) e a ascensão da burguesia ao poder, características como o sentimento patriótico, individualismo e liberdade marcaram intensamente o Romantismo europeu. Portugal viveu um clima de guerra civil, em 1820, quando os liberaisenfrentaram os conservadores, numa luta pela instauração da democracia. O poeta Almeida Garrett era um desses liberais, que se sagraram vitoriosos. Com a intenção de expressar a liberdade conquistada, Garrett publicou, em 1825, o poema Camões (em homenagem ao poeta que foi o mais nacionalista dos poetas portugueses), que marcou o início do Romantismo em Portugal.

Obras Romances sociais (urbanos,citadinos ou de costumes)
Cinco minutos (1856); A viuvinha (1857); Lucíola (1862); Diva (1864); A pata da gazela (1870); Sonhos d’ouro (1872); Senhora (1875); Encarnação (1893).

Romances indianistas
O guarani (1857); Iracema (1865); Ubirajara (1874).

Romances regionalistas (sertanejos)
O gaúcho (1870); O tronco do ipê (1871); Til (1874); O sertanejo (1875).

Romances históricos
As minas deprata (1865); Guerra dos mascates (1871); Alfarrábios (1873).

Narrativa autobiográfica
Como e por que sou romancista (1893).

3. Uma literatura do Brasil
No Brasil, o Romantismo iniciou-se em 1836, com a publicação da obra Suspiros poéticos e saudades, de Gonçalves de Magalhães, e estendeu-se até 1881, com as publicações de Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, e O mulato, deAluísio Azevedo.

Teatro
O crédito (1857); Verso e reverso (1857); Demônio familiar (1857); As asas de um anjo (1858); Mãe (1860); A expiação (1867); O jesuíta (1875).

1

Alguns fatos históricos tiveram papel decisivo na formação da nova escola: a vinda da família real para o Brasil, o fim do período colonial e o processo de independência. Em 1808, d. João VI e sua família vieram para oRio de Janeiro, fugindo das tropas napoleônicas. Acostumado com o luxo europeu, o rei procurou reproduzir aqui as condições de vida que tinham. Para isso, possibilitou o desenvolvimento cultural do país. Algumas de suas criações foram: − A Biblioteca Real, hoje Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, com um acervo de mais de 400 mil livros, muitos deles tão raros que não encontramos exemplares naspróprias bibliotecas de Portugal; − A primeiras faculdades do Brasil, como a do Largo do São Francisco e a de Olinda, ambas de direito; − A imprensa régia (circulação de jornais e revistas), responsável pela divulgação de nossa literatura; − A Escola de Belas-Artes; − As primeiras livrarias; − O Real Teatro de São João, fundado em 1813 no Rio de Janeiro. Em decorrência de numerosas manifestações...
tracking img