Literatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1321 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Semana de Arte
Alvo de muitas discussões, um dos eventos que transformou a literatura, deu se o inicio a uma leitura complexa com uma escrita simples e coloquial, transformando todo aquelas leituras garbosas em farelo.
Antes da Semana da Arte acontecer, houve um desentendimento muito forte entre Monteiro Lobato e Modernismo, especificamente com a jovem Anita Malfatti.
Voltando de uma viagemde estudos á Europa e aos Estados Unidos, onde conhecera as novas tendências artísticas, Anita expôs suas últimas obras, seu trabalho recebeu elogios, mas foi duramente atacado por Monteiro Lobato, o critico de arte do jornal O Estado de São Paulo, com um artigo denominado “Paranóia ou Mistificação?”. Ele compara a Arte moderna aos desenhos feitos pelos loucos nos manicômios. Leia um pequenotrecho desse artigo:
“A única diferença reside em que nos manicômios esta arte é sincera, produto ilógico de cérebros transtornados pelas mais estranhas psicoses; e deles, nas exposições publicas zabumbadas pela impressa e absorvidas por americanos malucos, não há sinceridade nenhuma nem nenhuma lógica, sendo mistificação pura.”
Realizada nos dias 13, 15,17 de fevereiro de 1922, no Teatro Municipalde São Paulo, foi um grande espetáculo de confusões, pois o publico não sabia se abraçava a causa ou se a rejeitava totalmente, tanto que na declamação do poema “Os Sapos”, de Manuel Bandeira, ora a plateia aplaudia, ora rosnava, ora se deslumbravam, ora vaiavam.
A Ideia inicial foi do pintor Di Cavalcanti, com o objetivo de marca definitivamente o Modernismo no Brasil, nos planejamentos era paraser algo pequeno , nada extravagante: uma exposição de arte moderna na livraria e editora, O livro, em São Paulo. Mas com a adesão de pessoas de destaque na sociedade paulistinha, que resolveram prestigiar o evento, aumenta o interesse da imprensa em divulga-lo. Escolhe-se, então um novo local: O Teatro Municipal de São Paulo, o reduto artístico da aristocracia da cidade.
No saguão do teatro, foiinstalada uma exposição de artes plásticas que inclui trabalhos dos artistas Vítor Brecheret, Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Vicente Rego Monteiro, entre outros.
No dia 13, Graça Aranha, abre a Semana com a palestra “Emoção estética na obra de arte”, propondo a renovação das artes e das letras, Vários textos modernistas são declamados em seguida. Depois, apresentasse uma composição musical deVilla-Lobos e uma conferência de Ronald de Carvalho sobre a pintura e a escultura modernas no Brasil. O programa se encerra com a execução de alguma s peças musicais.
“Eu sugeri a Paulo Prado a nossa semana que seria uma semana de escândalos literários e artísticos, de meter os estribos na barriga da burguesiazinha paulistana” (Di Cavalcanti)
Abre a noite do dia 15 o escritor Menotti del Picchia,com a palestra “Arte Moderna”.
Suas enfáticas reivindicações de liberdade e renovação provocaram apartes e vais. O poema “Os Sapos”, de Manuel Bandeira, que ridicularizava o Parnasianismo, foi declamados por Ronald de Carvalho sob os apupos, assobios e gritaria da plateia.
A Semana foi encerrada no dia 17 com espetáculo de Villa Lobos, sem grande alvoroço. Apensar das criticas e obstáculos, oevento conseguiu atingir seu objetivo: Divulgar que existia uma nova geração de artistas, escritores intelectuais lutando pela renovação da arte brasileira e pela atualização da nossa cultura.
Movimento Pau-Brasil
O manifesto escrito por Oswald de Andrade foi inicialmente publicado no jornal Correio da Manhã, no dia 18 de março de 1924, no ano seguinte, uma forma reduzida e alterada do manifestoabria o livro de poesias Pau-Brasil. No manifesto e no livro Pau-Brasil [ilustrado por Tarsila do Amaral], Oswald propõe uma literatura extremamente vinculada à realidade brasileira, a partir de uma redescoberta do Brasil.
Enfatizando a necessidade de criar uma arte baseada nas características do povo brasileiro, com absorção crítica da modernidade europeia. Além de ter provocado discussões...
tracking img