literatura africana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1805 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de setembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 Este trabalho tem o objetivo de traçar um breve descrição da obra Desmedida: Luanda, São Paulo, São Francisco e volta, de Ruy Duarte de Carvalho, lançada em 2006; e, por meio do livro, expor elementos históricos e contemporâneos da realidade angolana e brasileira, e suas relações históricas e culturais.
Ruy Duarte de Carvalho foi um poeta, antropólogo, cineasta e escritor nascido em 1941 emPortugal. Passou a infância e parte da adolescência em Moçâmedes, hoje Namibe, cidade localizada no sul de Angola. Foi ativo participante da luta pela libertação de Angola, e se tornou cidadão angolano desde que o país passou a admitir a cidadania, em 1975. Faleceu em 2010, na Namíbia.

Desmedida
Na narrativa Desmedida, Carvalho parte de Luanda para fazer uma viagem ao sertão do Brasil,seguindo um roteiro já conhecido por ele por meio de clássicos da literatura brasileira, e impondo à narração uma visão do Brasil a partir de Angola. Toda a narração mescla os elementos vivenciados durante a permanência do autor em seus destinos com suas memórias apreendidas pelas leituras.
A estrutura do livro tem um esquema de ida e volta entre Brasil e Angola: a obra é dividida em duas partesprincipais, chamadas de “primeira metade” e “segunda metade”, em que cada uma de subdivide em três tópicos, cada um desses em alguns capítulos, e um “fecho”.
Na chamada “primeira metade” o autor introduz ao leitor o caráter aventureiro e de descoberta que a narrativa irá tomar através de sua viagem a ser iniciada pelos rincões do Brasil central, “vértice que é onde os Estados de Goiás, de MinasGerais e da Bahia se juntam” (pág.19), palco das obras de Guimarães Rosa e Euclides da Cunha. É fundamental ressaltar que, diferentemente de outras obras que visam à descrição do Brasil por um estrangeiro, geralmente um europeu ou norte americano em busca do “outro”, do colonizado, Carvalho descreve o Brasil sob a ótica de um indivíduo oriundo do continente africano, e consequentemente com outrasmotivações.
Aqui o autor nos apresenta figuras como Blaise Cendrars, poeta suíço que foi figura relevante no cenário artístico do Brasil na década de 1920, período do movimento modernista brasileiro e da Semana de Arte Moderna, e Richard Burton, explorador britânico que dedicou parte de sua vida em aventuras pela África e, posteriormente, pelo interior do Brasil, na segunda metade do século XIX. Acitação a esses indivíduos converge para sua própria situação, a condição de estrangeiro.
No tópico “paisagens”, o segundo da primeira parte do livro, o autor efetivamente passa a descrever, a registrar sua viagem, o espaço que conhece ao vivo. Saindo de São Paulo, onde narra o conteúdo do primeiro tópico – e detalha elementos históricos do desenvolvimento econômico e cultural da capital, como aquestão da expansão da economia cafeeira e o movimento cultural modernista -, e movido pela ânsia de conhecer cenários só imaginados por suas leituras, o autor se dirige para os arredores do rio São Francisco. Seu intuito é conhecer, ou reconhecer, as entranhas de um país com quem sempre teve relações vivas:
“Meti-me nesta viagem, nestas viagens, uma através do São Francisco e outra através daprodução de um livro, com a intenção e a certeza quase de que no fim delas haveria de alcançar alguma noção mais precisa de um Brasil que mexe comigo desde que me sei gente. (pág.203)

Devido ao conhecimento profundo que Carvalho adquiriu dos cenários a serem explorados, graças às obras dos autores brasileiros acima citados e de vários outros, nada ali é novidade. É visível, porém, a surpresa e oencanto do autor pelo que vê, quando o real se confronta com o absorvido pela leitura durante sua vida.
Enquanto a “primeira metade” do livro temos um narrador explorador e descobridor do Brasil, informado sobre a história do país por meio da literatura, na “segunda metade” da obra, o foco torna-se Luanda – o ponto de partida e o local de chegada da viagem de Carvalho -; e se estabelece um...
tracking img