Lirica camoniana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (719 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A lírica Camoniana
A lírica camoniana insere-se na chamada época clássica da literatura portuguesa. A obra lírica de Camões é constituída por poemas feitos em medida velha e em medida nova.Camões cultivou a forma fixa do soneto petrarquista, pela disposição das estrofes em dois quartetos e dois tercetos e a métrica decassílaba( tanto a chamada medida velha(5 e 7 sílabas) e a medidanova(10 sílabas). Na poesia lírica de Camões o amor é descrito como um sentimento que entusiasma o homem, tornando-o capaz de atingir o Bem, a Beleza e a Verdade. Também aparece como um sentimento designificado contrário pela própria natureza. Por um lado, o Amor é manifestação do espírito, por outro é manifestação física. Para Camões, o Amor deve ser experimentado, deve ser sentido e não apenasmental, um sentimento de pensamento. Como de mostra no poema abaixo :
Amor é fogo que arde sem se ver

Amor é fogo que arde sem se ver;É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bemquerer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

Équerer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favorNos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Luís de CamõesInfluencias no barroco


A situação conflitante que o poeta retrata projeta uma tensão que se aproxima do...
tracking img