Linguistica gerativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2425 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
fundação universidade federal do rio grande lingüística i turmas a/ b/ c
instituto de letras e artes profa Eliana Tavares/ Tricia Amaral (III e IV bim - 2011)

1. A Lingüística Gerativa (de acordo com Lobato: 1986)

Os estudos lingüísticos gerativos surgem em 1957 com Syntatic Structures, de Noam Chomsky; a teoria, de cunho formalista, apresenta-se comoalternativa ao estruturalismo, de Saussure, e também ao descritivismo do norte-americano Leonard Bloomfield. Para Lobato (92/ 93), o gerativismo
constitui uma tentativa de formalização dos fatos lingüísticos, isto é, de tratamento matemático - preciso e explícito - das propriedades das línguas (...). Para que uma gramática seja gerativa é preciso que traduza o aspecto criativo da linguagem pormeio de regras e processos explícitos, precisos e de aplicação automática,

por isso a noção de gerativismo está relacionada à noção de criatividade, que será explorada mais adiante.
Chomsky apresenta primeiramente a noção de gramática transformacional, que desenvolve-se a partir da noção de transformação. Esse modelo gramatical foi proposto por Chomsky justamente em Estruturas Sintáticas(1957), como dispositivo capaz de gerar sentenças derivadas por meio de regras de transformação, por isso torna-se ponto fundamental na perspectiva de gramática gerativa. O mais importante a salientar, sem entrar em detalhes relativos às versões de 57 e de Aspects of the Theory of Syntax (1965), é que para Chomsky uma transformação é uma regra formal (Lobato: 95).
O gerativismo de Chomskyapresenta diferentes versões, que se iniciam com a chamada Teoria Padrão (modelo standard ou clássico), aquela que apresenta pela primeira vez os princípios de transformação e de geração de novas estruturas a partir de um número determinado de regras; o modelo da Semântica Gerativa; o clássico estendido ou Teoria da Regência e Ligação, e também o minimalismo, mais atual e por isso menos conhecido eexplorado.

1957 ( gramática: sintaxe, morfologia, fonologia. (como Saussure e Bloomfield)
1965( gramática: sintaxe, morfologia, fonologia e semântica.
Década de 80 ( sintaxe, morfologia, fonologia: Princípios e Parâmetros (Teoria da Regência e Vinculação/ Ligação):
Meados de 90( Minimalismo (Teoria Minimalista)

Para o gerativismo, o objeto de estudo da Lingüística deve ser, de um lado, acompetência lingüística dos falantes/ ouvintes (o sistema de regras inferidos, e não fruto de um corpus de descrição, como no estruturalismo), e por outro lado, o conhecimento inato dos falantes relativamente à gramática de sua língua, que lhes possibilita inferir seu sistema de regras, ou seja, a Faculdade da Linguagem.

( À teoria lingüística, na perspectiva gerativa, cabe estudar esseconhecimento inato e universal (a faculdade da linguagem/ gramática universal/ universais lingüísticos) e o sistema de regras específico às línguas particulares (gramática particular/ parâmetros).

A gramática gerativa é capaz de especificar o conjunto de sentenças gramaticalmente bem formadas de uma língua, assim, a gramática gerativa pode ser compreendida como um conjunto de regras formais queprojeta um conjunto finito de sentenças sobre o conjunto potencialmente infinito de sentenças que constituem a língua como um todo (do desempenho para a competência).
Com isso, constitui dever da gramática gerativa fornecer uma descrição formal apropriada a cada sintagma ou sentença bem formados, bem como prever fatos lingüísticos/ construções novas.

Para Lyons (1987), uma gramática gerativa éuma especificação matematicamente precisa da estrutura gramatical das sentenças que gera, que podem ser consideradas como um conjunto de regras ou operações. A partir da noção de recursividade, é que podemos postular que uma língua pode produzir/ gerar um número infinito de construções tomando como base um número finito de regras de construção. (geralmente utilizamos a expressão gramática...
tracking img