Linfogranuloma venereo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4940 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANGIOTOMOGRAFIA DO PESCOÇO E CRÂNIO

O estudo realizado com tomógrafo multi-slice de 256 64 canais, através de aquisição volumétrica dos dados com 0,625mm de colimação, durante a administração do meio de contraste venoso não iônico, que foram pós-processados, obtendo-se imagens axiais e reconstruções multiplanares e tridimensionais, demonstrou:

|
X |
D1 - Carótida comum; D2 -Bulbo (D externo); D3 - Estenose; D4 - Carótida Interna. |
NASCET - North American Symptomatic Carotid Endarterectomy Trial
ECST - European Carotid Surgery Trial
CSI - Carotid Stenosis Index |

ARCO AÓRTICO
Arco aórtico de curso e calibre normais

Arco aórtico de calibre normal, apresentando múltiplas placas ateromatosas que condicionam irregularidade parietais.

Arcoaórtico alongado e ectasiado, apresentando múltiplas placas ateromatosas, que condicionam irregularidade parietais.

TRONCOS SUPRA-AÓRTICOS
Tronco braquiocefálico e artérias carótidas comuns e subclávias sem alterações.

Tronco braquiocefálico e artérias carótidas comuns e subclávias ateromatosas, alongadas e tortuosas, sem sinais de estenose significativa.

Tronco braquiocefálico eartérias carótidas comuns e subclávias ateromatosas, destacando-se placas predominantemente não calcificadas mistas calcificadas na origem terço proximal médio do tronco braquiocefálico da artéria carótida comum subclávia direita esquerda, condicionando estenose de %. Os demais troncos têm calibre normal.

Tronco braquiocefálico e artérias carótidas comuns e subclávias ateromatosas, levementealongadas e tortuosas, apresentando irregularidades parietais. Destacam-se placas predominantemente não calcificadas mistas calcificadas na origem terço proximal médio do tronco braquiocefálico da artéria carótida comum subclávia direita esquerda, condicionando estenose de %. Os demais troncos têm calibre normal.

Tronco braquiocefálico e artérias carótidas comuns e subclávias ateromatosas,destacando-se placas predominantemente não calcificadas no segmento proximal da artéria subclávia , condicionando estenose de %. Os demais troncos têm calibre normal.

A artéria carótida comum esquerda emerge da borda posterior do óstio do tronco braquiocefálico (variação anatômica).

A artéria carótida comum esquerda emerge do segmento proximal do tronco braquiocefálico (variaçãoanatômica).

ARTÉRIAS VERTEBRAIS
Artérias vertebrais bem opacificadas, simétricas e sem sinais de estenose.

Artérias vertebrais bem opacificadas e de calibre normal, sendo à esquerda direita dominante.

Artérias vertebrais bem opacificadas, à direita esquerda dominante, com alongamento e tortuosidade dos seus segmentos proximais.

Artérias vertebrais bem opacificadas, à direitaesquerda dominante, com alongamento e tortuosidade do segmento proximal à direita esquerda.

Artérias vertebrais bem opacificadas, à direita esquerda dominante. Observa-se placa predominantemente não calcificadas mistas calcificadas na origem da artéria vertebral direita esquerda, condicionando estenose de %.

A artéria vertebral esquerda emerge diretamente da aorta entre a emergência daartéria carótida comum e subclávia esquerdas.

BULBOS
Bulbos carotídeos de configuração e calibre habituais.

Bulbos carotídeos com placas predominantemente não calcificadas mistas calcificadas e não obstrutivas, condicionando irregularidades parietais, sem evidência de estenoses.

Bulbo carotídeo direito esquerdo com placas predominantemente não calcificadas mistas calcificadas enão obstrutivas, condicionando irregularidades parietais, sem evidência de estenoses.

Bulbo carotídeo direito com placas predominantemente não calcificadas mistas calcificadas, excêntricas concêntricas e de superfícies regulares irregulares, determinando estenose de % segundo o método de NASCET e % segundo o ECST.

Bulbo carotídeo esquerdo com placas predominantemente não...
tracking img