Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2973 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Atividade Colaborativa
Aula Tema 02
Passo 1

CAPÍTULO III
DA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LIBRAS E DO INSTRUTOR DE LIBRAS
Art. 4º A formação de docentes para o ensino de Libras nas séries finais do ensino fundamental, no ensino médio e na educação superior deve ser realizada em nível superior, em curso de graduação de licenciatura plena em Letras: Libras ou em Letras: Libras/Língua Portuguesacomo segunda língua.
Parágrafo único. As pessoas surdas terão prioridade nos cursos de formação previstos no caput.
Art. 5º A formação de docentes para o ensino de Libras na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental deve ser realizada em curso de Pedagogia ou curso normal superior, em que Libras e Língua Portuguesa escrita tenham constituído línguas de instrução, viabilizando aformação bilíngue.
§ 1º Admite-se como formação mínima de docentes para o ensino de Libras na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental, a formação ofertada em nível médio na modalidade normal, que viabilizar a formação bilíngue, referida no caput.
§ 2º As pessoas surdas terão prioridade nos cursos de formação previstos no caput.



Passo 2
Após a leitura, discuta com seuscolegas sobre a importância das crianças surdas terem acesso a LIBRAS desde a educação infantil.

Resposta:
Esse Decreto tem significativa contribuição para a formação profissional na área da educação ao regulamentar e dar importância aos cursos de licenciatura e formação de professores no sentido de que também sejam incluídas Libras como disciplina curricular para que os futuros profissionaisda educação sejam contemplados com uma formação adequada à situação vivenciada nas escolas.

Passo 3

Elabore uma lista dos itens que o grupo destacou como favoráveis ao ensino de LIBRAS desde a educação infantil e justifique.

Resposta:

• A criança surda, por não ouvir, não consegue adquirir a língua oral naturalmente, como uma criança ouvinte.

• Toda creche ou pré-escola deeducação infantil deve organizar um programa de atendimento a pais de crianças surdas. O desenvolvimento da criança é proporcional à participação da família que atua no sentido de amparar física, emocional e socialmente seus membros.
• Se a educação infantil é importante para qualquer criança, para a criança com surdez é essencial. A carência da estimulação nos primeiros anos de vida diminuio ritmo natural do processo evolutivo infantil, aumentando o distanciamento dos padrões do desenvolvimento psicomotor, sócio afetivo, cognitivo e da linguagem.
• Aprender uma língua na mesma velocidade e no tempo adequado à criança ouvinte.
• Estimular a linguagem da criança com surdez para que ela possa desenvolver línguas e com elas comunicar-se.
• Desenvolver alternativas quepossibilitem às crianças “com necessidades especiais” meios de comunicação que as habilitem a desenvolver seu potencial linguístico.
O objetivo do trabalho a ser desenvolvido com as crianças surdas na educação infantil é garantir oportunidades para que sejam capazes de:-
• Experimentar e utilizar os recursos de que dispõem para a satisfação de suas necessidades essenciais, expressando seusdesejos, sentimentos, vontades e desagrados, e agindo com progressiva autonomia;
• Quando a criança surda se encontra na creche, facilmente é envolvida nas amizades com os demais alunos.
• Relacionar-se progressivamente com as demais crianças, com seus professores e com demais profissionais da instituição, demonstrando suas necessidades e interesses.
• Brincar;
• O trabalho deveocorrer de forma mais lúdica e expressiva possível, com atividades bem contextualizadas, e com muito estímulo visual.
• Aponta-se a necessidade da criança surda ser “bilíngue”, ou seja, de ter acesso e dominar a sua língua natural (Língua de Sinais), e a língua portuguesa, na modalidade escrita e, quando possível, na modalidade oral (pelo menos a compreendendo pela leitura orofacial). ...
tracking img