Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2467 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera - UNIDERP Centro de Educação a Distância
PEDAGOGIA – LIBRAS

Profa. Dra. Lilian Cristine Ribeiro Nascimento RELATÓRIO – LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS NA PRÁTICA DOCENTE 2º semestre - PEDAGOGIA

Gesiane dos Santos Justino-RA. 373311 gesiane.justino@hotmail.com Fabiana Maria de Carvalho – RA. 373261 fabicarvalho81@hotmail.com Éricka Cristina Cardoso Gonçalves – RA. 373244kika10_cristina@hotmail.com Stephanie Laís Palma Santos –RA. 373800 fany.popstar@hotmail.com Gisele Fernanda Theodoro da Silva – RA. 373322 giselefernandatheodoro@hotmail.com

Pólo Araras/SP 27/11/2012

A Temática Da Surdez Em Seu Aspecto Médico, Cultural e Social, e Sobre Libras e a Cultura Surda Em Seus Aspectos

Segundo a Lei n. 10.436, de 24 de Abril de 2002 que dispõe sobre a LínguaBrasileira de Sinais, Libras e dá outras providências: Art. 1o É reconhecida como meio legal de comunicação e expressão a Língua Brasileira de Sinais - Libras e outros recursos de expressão a ela associados. Parágrafo único. Entende-se como Língua Brasileira de Sinais - Libras a forma de comunicação e expressão, em que o sistema linguístico de natureza visual-motora, com estrutura gramaticalprópria, constitui um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil. Art. 2o Deve ser garantido, por parte do poder público em geral e empresas concessionárias de serviços públicos, formas institucionalizadas de apoiar o uso e difusão da Língua Brasileira de Sinais - Libras como meio de comunicação objetiva e de utilização corrente dascomunidades surdas do Brasil. Com base nesse trecho do artigo vimos que os Surdos/Mudos teriam seus direitos garantidos pela Constituição Federal, mas na realidade do dia a dia não é bem o que se vê e coloca-se em prática. E através da história os surdos eram descriminalizados por não ouvirem, eram excluídos da sociedade, tornando-se pessoas oprimidas e incompreendidas, eles não eram considerados sereshumanos competentes. Muitos eram isolados em asilos, pois não se acreditavam que pudessem ter uma educação. Na Grécia antiga, na cidade de Esparta as crianças nascidas com algum tipo de deficiência, eram lançadas na localidade destinada a todos os recém-nascidos que agredissem a estética quase que perfeita dos espartanos: o Cume do monte Taigeto (SILVA, 1998). Muitas coisas foram se transformandoatravés das histórias, após muitas teorias e práticas que não se adequavam a verdadeira realidade desse tipo de deficiência. A mudança começou a partir de um religioso surdo chamado Ponce de Leon, ele se dedicou a ensinar os surdos a ler e a escrever, falar e aprender as doutrinas da fé católica, como afirma Moura (2000 p.18). A partir daí outros defensores do mesmo pensamento foram surgindo. Fazendo uma analise sobre a questão da língua oral e língua de sinais, alguns autores dizem que nas escolas de surdos continuam se reproduzindo uma oposição entre oralidade e gestualidade e argumenta ainda que língua de sinais e a língua oral não constituem uma oposição e não podem ser vistas ou interpretadas como tal, mas sim canais diferentes de comunicação. Notamos ainda que existem muitos mitosem relação à língua de Sinais, concepções erronias que distorcem a realidade da cultura surda e desobedecem a fatos aos valores que são atribuídos e que ficam no imaginário coletivo e o senso comum, pois como qualquer outra língua e carregada de significação social. A língua de Sinais é igual à Oral por que desempenha as mesmas funções linguísticas na vida de uma pessoa, é uma língua Natural paraos surdos, por permitir o acesso dessas às todas as atividades sociais, pois para eles não são apenas gestos e mímicas utilizadas para facilitar a comunicação entre eles. Ela possui um sistema linguístico completo e muito bem estruturado, onde é reconhecida como uma língua viva e autônoma, as pessoas podem expressar pensamentos simples e complexos utilizando a expressão facial e corporal para...
tracking img