Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (366 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
  Contribuições de Manoel Bandeira na Semana de 1922:
 Manuel bandeira : o humilde sublime  

Entre as inúmeras contribuições deixada pela poesia de manuel bandeira duas se destacam o seu papel nasolidificação da poesia de orientação modernista com todas as suas implicações (verso livre, linguá, coloquial , irreverencia,liberdade criadora,etc) e o alargamento da lirica nacional pela suacapacidade de extrair poesia das coisas aparente jamais do cotidiano.
o material é pouco, mas se você quiser acrescentar algo fique a vontade, só lembre-se que o tempo é bem curto para apresentarmos otrabalho.

Esse poema dele foi lido em uma das noites no Teatro Municipal de São Paulo, onde aconteceu o evento, se quiser usá-lo para acrescentar.
O poema critica abertamente o parnasianismo e seusadeptos, o público faz coro atrapalhando a leitura do texto. A noite acaba em algazarra. Ronald teve de declamar o poema pois Bandeira estava impedido de fazê-lo por causa de uma crise de tuberculose.Os Sapos Enfunando os papos, 
Saem da penumbra, 
Aos pulos, os sapos. 
A luz os deslumbra. 

Em ronco que aterra, 
Berra o sapo-boi: 
- "Meu pai foi à guerra!" 
- "Não foi!" - "Foi!" -"Não foi!". 

O sapo-tanoeiro, 
Parnasiano aguado, 
Diz: - "Meu cancioneiro
É bem martelado. 

Vede como primo 
Em comer os hiatos! 
Que arte! E nunca rimo 
Os termos cognatos. 

O meu verso ébom 
Frumento sem joio. 
Faço rimas com 
Consoantes de apoio. 

Vai por cinquüenta anos 
Que lhes dei a norma: 
Reduzi sem danos 
A fôrmas a forma. 

Clame a saparia 
Em críticas céticas:Não há mais poesia, 
Mas há artes poéticas..." 

Urra o sapo-boi: 
- "Meu pai foi rei!"- "Foi!" 
- "Não foi!" - "Foi!" - "Não foi!". 

Brada em um assomo 
O sapo-tanoeiro: 
- A grande arte écomo 
Lavor de joalheiro. 

Ou bem de estatuário. 
Tudo quanto é belo, 
Tudo quanto é vário, 
Canta no martelo". 

Outros, sapos-pipas 
(Um mal em si cabe), 
Falam pelas tripas, 
-...
tracking img