Libras (linguagem brasileira de sinais)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1534 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Público alvo
Alunos do ensino médio. 8
Graus de perda auditiva
Perda Auditiva Leve:
A incapacidade de ouvir sons abaixo de 30 decibéis. Discursos podem ser de difícil Audição especialmente se estiverem presentes ruídos de fundo.
Perda Auditiva Moderada:
A incapacidade de ouvir sons abaixo de cerca de 50 decibéis. Aparelho ou prótese auditiva pode ser necessária.
Perda Auditiva Severa:
Aincapacidade de ouvir sons abaixo de cerca de 80 decibéis. Próteses auditivas são úteis em alguns casos, mas são insuficientes em outros. Alguns indivíduos com perda auditiva severa se comunicam principalmente através de linguagem gestual, outros contam com uso das técnicas de leitura labial.
Perda Auditiva Profunda:
A ausência da capacidade de ouvir, ou a incapacidade de ouvir sons abaixo decerca de 95 decibéis. Tal como aqueles com perda auditiva severa, alguns indivíduos com perda auditiva profunda se comunicam principalmente através de linguagem gestual, outros com uso das técnicas de leitura labial.

Classificações da perda de Audição
Surdez por perda Condutiva é o resultado de dano ou bloqueio das partes móveis do ouvido. Os ossos saudáveis de uma orelha interna, os ossículos:martelo, bigorna e estribo vibrão em resposta a sons. Certas doenças ou lesões podem levar á incapacidade destes ossos vibrarem adequadamente, impedindo a detecção das informações sonoras.
Surdez do nervo (Surdez Da Cóclea ou do Nervo Auditivo ) ocorre quando o nervo auditivo está danificado, impedindo assim a obtenção de informações auditivas para o cérebro. Os ossos do ouvido interno podemvibrar corretamente mas os nervos são incapazes de transmitir essa informação adequada mente para o cérebro.
Som alto - perda auditiva é como o próprio nome indica, a perda da capacidade de ouvir tons altos. Uma das mais importantes consequências sociais é que vozes femininas são mais difíceis de compreender.
Som baixo - perda auditiva é a incapacidade de ouvir tons baixos. Vozes masculinas sãodifíceis de ouvir e entender.

Causas da perda da Audição
A maior parte surdez ocorre nos primeiros anos de vida, a maioria das vezes é genético ou com causas perinatais. A surdez também pode ocorrer como resultado de infecções do ouvido médio (otite média), que são mais comuns em crianças. Também é possível adquirir surdez com o decorrer da vida, por doenças ou lesões traumáticas. Como adicional aperda auditiva é parte comum do processo de envelhecimento, especialmente em homens.

Deficiente auditivo, surdo ou surdo-mudo?
O surdo-mudo é a mais antiga e inadequada denominação atribuída ao surdo, e infelizmente ainda utilizada em certas áreas e divulgada nos meios de comunicação. Para eles, o fato de uma pessoa ser surda não significa que ela seja muda. A mudez significa que a pessoanão emite sons vocais. Para a comunidade surda, o deficiente auditivo não participa de Associações e não sabe LIBRAs. O surdo é aquele que tem a LIBRAS como sua língua e por isso há distinção na comunidade surda.


Para entender a Libras é necessário fazer uma viagem no tempo, para assim compreender o aluno surdo como um sujeito único e cheio de potenciais, que enxerga e interage com o mundo a suavolta de forma diferente, mas não menos importante.
Durante muito tempo acreditou-se que crianças surdas possuíam algum tipo de deficiência mental, por isso muitos deles foram exclusos da sociedade sendo jogados em florestas, explorados em atrações de circo, abandonados na rua ou criados em internatos e reformatórios. Estas atitudes eram compreensíveis na época porque desde Aristótelesacreditava-se que a pessoa que não podia falar ou comunicar-se pela fala não era capaz de raciocinar e por isso deveriam ser desprovidas de educação e até mesmo da civilização.
Em meados do séc. XVII esta visão sobre os surdos, como seres incapacitados começou a mudar devido à publicação do primeiro livro sobre educação para surdos na França, que defendia uma nova maneira de comunicação entre surdos e...
tracking img