Leishmaniose visceral (calazar)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1200 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Leishmaniose visceral (Calazar)

CLASSIFICAÇÃO:
Classe: Zoomastigophorea
Ordem: Kinetoplastida
Família: Trypanosomatidae.
Gênero: Leishmania Chagasi
Espécie: Lutzomyia Longipalpis

Introdução:

Leishmaniose Visceral
A leishrnaniose visceral é uma doença causada por parasitos do complexo Leishmania donovani na África, Ásia, Europa e nas Américas. Na Índia é conhecida como Kala- Azar,palavra de origem indiana que em sânscrito significa "doença negra", e febre Dum-Dum. Na região do Mediterrâneo é chamada leishmaniose visceral infantil e na América Latina, leishmaniose visceral americana ou calazar neotropical.

A doença é crônica, grave, de alta letalidade se não tratada, e apresenta aspectos clínicos e epidemiológicos diversos e característicos, para cada região onde ocorre.Embora existam disponíveis drogas com ação eficaz sobre os parasitos, a doença é, segundo a Organização Mundial da Saúde - OMS, responsável pela morte de milhares de pessoas em todo o mundo (59.000 no ano de 2001), principalmente crianças. A Leishmaniose Visceral ataca humanos e caninos.

Leishmaniose Canina:

A leishmaniose visceral canina (LVC) é uma doença provocada pelo protozoárioLeishmania chagasi, transmitido através da picada do mosquito Lutzomyia longipalpis contaminado, que afeta o homem e os animais, particularmente o cão doméstico, e é motivo de pesquisa em várias partes do mundo com várias tentativas terapêuticas.
A doença em geral afeta cães sadios, ao contrário do que ocorre em humanos que geralmente quando afetados estão sob alguma condição imunossupressora. Noscães a LVC é uma doença imunomediada.
O tratamento canino não obtem em geral a cura, mas pode oferecer uma boa qualidade de vida e maior longevidade aos animais afetados. Este procedimento exige dos proprietários dos cães um compromisso de cuidados especiais com os animais infectados e também do ambiente onde vivem.
Do ponto de vista epidemiológico, o calazar canino, no Brasil, é considerado maisimportante que a doença humana, pois além de ser mais prevalente, o grande contingente de animais infectados com parasitismo cutâneo, servindo como fonte de infecção para o inseto vetor L. longipalpis, caracteriza o cão como o principal elo doméstico na cadeia de transmissão da doença.

Dois aspectos são particularmente importantes para o desenvolvimento da doença no cão: a resposta imune doanimal e a virulência da cepa de Leishmania inoculada pelo vetor. Os cães são considerados altamente susceptíveis a infecção por Leishmania chagasi, porém esta infecção não significa, necessariamente, que haverá desenvolvimento de doença.

Os sintomas no cão são bastante variáveis, sendo comum o aparecimento de lesões de pele acompanhadas de descamações e, eventualmente, úlceras, perda de peso,lesões oculares, atrofia muscular e, em alguns caso, o crescimento exagerado das unhas.

Trasmissão:

Leishmaniose visceral, ou calazar, é uma doença transmitida pelo mosquito-palha ou birigui (Lutzomyia longipalpis) que, ao picar, introduz na circulação do hospedeiro o protozoário Leishmania chagasi.
A doença não é contagiosa nem se transmite diretamente de uma pessoa para outra, nem de umanimal para outro, nem dos animais para as pessoas. A transmissão do parasita ocorre apenas através da picada do mosquito fêmea infectado.
Os insetos machos se nutrem com seiva vegetal, as fêmeas necessitam de sangue para o amadurecimento dos ovos, só elas sugam o sangue, portanto só as fêmeas podem transmitir a doença.Na maioria dos casos, o período de incubação é de 3 a 8 meses.

Mosquito palha.Fonte: Google.

Ciclo evolutivo
No mosquito:

No homem:

PATOLOGIA E SINTOMATOLOGIA
A Leishmaniose chagasi é um parasito principalmente do baço, fígado, linfonodo e medula óssea. Entretanto, no curso da infecção outros órgãos e tecidos podem ser afetados, como intestino, sangue, pulmões, rins e pele. Nas fases mais avançadas da...
tracking img