Lazer, cultura e consumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6376 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Administração Mercadológica

LAZER, CULTURA E CONSUMO
Gisela B. Taschner Professora Titular do Departamento de Fundamentos Sociais e Jurídicos da Administração da EAESP/FGV e Coordenadora do Centro de Estudos de Lazer e Turismo da EAESP/FGV. E-mail: gtaschner@fgvsp.br

RESUMO Os elos entre lazer e consumo, em sua maioria, são facilmente perceptíveis em nossa sociedade. Nas Ciências Sociais,no entanto, eles nem sempre foram teorizados conjuntamente. O objetivo deste artigo é mostrar como o lazer e o consumo se entrelaçaram na História Ocidental, examinando alguns momentos-chave desse processo, no âmbito da formação de uma cultura do consumo, bem como algumas de suas implicações sobre a sociedade e sobre o comportamento do consumidor. Analisamos também as relações atuais entre lazer econsumo e comentamos algumas tendências para o futuro próximo.

ABSTRACT The links between leisure and consumption are very easily perceptible in our society, at least some of them. Nevertheless, they have not always been theorized together in the Social Sciences. The purpose of this article is to examine how leisure and consumption got interwoven in Western History, by focusing some keymoments of that process, in the context of formation of a consumer culture, and by taking into consideration some of their impacts on social life and consumer behavior. We also make some comments on the present configuration of the links between leisure and consumption and on some trends they present for the near future.

PALAVRAS-CHAVE Lazer, cultura do consumo, comportamento do consumidor, cultura,turismo.

KEY WORDS Leisure, consumer culture, consumer behavior, culture, tourism.

38

RAE - Revista de Administração de Empresas • Out./Dez. 2000

São v. 40 40 RAE • Paulo, •v.n. 4 •• n. 4 • p. 38-47 Out./Dez. 2000

Lazer, cultura e consumo

“No society can surely be flourishing and happy, of which the far greater part of the members are poor and miserable.” Adam Smith

Os elosentre lazer, cultura e consumo são facilmente perceptíveis em nossa sociedade, ainda que uns mais do que outros. Há uma dimensão de lazer em algumas formas de consumo, como, por exemplo, ir a um shopping center aos domingos e feriados (para pessoas que gostam de fazer isso, obviamente). Há, também, uma dimensão de consumo no lazer: a maioria das atividades de lazer é, hoje, mediada pelo mercado –ir ao cinema, viajar a turismo, ver TV e conversar pela Internet são alguns exemplos. O lazer do século XX tem sido estudado tanto em relação ao trabalho (e.g. Friedmann, 1956; Friedmann e Naville, 1961; Dumazedier, 1962) quanto em relação ao processo de mercantilização do tempo livre e da cultura na sociedade capitalista industrial (e.g. Adorno, 1973; Marcuse, 1973 e, em outra linha, Lazarsfeld eMerton, 1971). Ele tem sido analisado principalmente a partir de perspectivas ancoradas na produção. Assim, nem sempre o lazer e o consumo foram teorizados juntos nas Ciências Sociais, e a dimensão do consumo no lazer tem recebido mais ênfase que a sua recíproca. Em estudos mais recentes – a maioria dos quais tendo o consumo por foco –, o lazer tem sido abordado primariamente como parte da culturacontemporânea do consumo. É nessa perspectiva que se enquadra o presente artigo. Nossos objetivos são examinar como o lazer e o consumo se entreteceram na História Ocidental no contexto da formação de uma cultura do consumo, dando relevo a momentos-chave desse processo, analisar alguns aspectos da configuração atual de seus laços e comentar algumas tendências para um futuro próximo. Sem qualquerpretensão de esgotar o tema, será usada aqui uma definição clássica de lazer: “Le loisir est un ensemble d’occupations auxquelles l’individu peut s’adonner de plein gré, soit pour se reposer, soit pour se divertir, soit pour développer son information ou sa formation désinteressé, sa participation social volontaire ou sa libre capacité créatrice

après s’être dégagé de ses obligations...
tracking img