Laboratorio materiais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1563 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO LABORATÓRIO – ENSAIO DE TRACÃO DE MATERIAIS METÁLICOS

JUNDIAÍ
2011
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 01
OBJETIVO 02
MATERIAIS E MÉTODOS UTILIZADOS 03
RESULTADOS 05
CONCLUSÃO 09
BIBLIOGRAFIA 10

INTRODUÇÃO

Foi realizado no dia 02 de Maio de 2011 no Laboratório de Materiais da Faculdade Anhanguera de Jundiaí o ensaiodenominado Ensaio de Tração de Materiais Metálicos.
Esse ensaio consiste basicamente, em se tracionar um corpo de prova (CP) de seção reta retangular ou circular até a sua ruptura.
O ensaio de tração é considerado o teste mecânico que apresenta a melhor relação entre informações obtidas e custo/complexidade de ensaio. Apesar de que o teste possa ser realizado em condições bem distintasnas quais o material será requisitado, os parâmetros obtidos deste ensaio são o ponto de partida para a caracterização e especificação do material.

OBJETIVO

Em um ensaio de tração, um corpo de prova (CP) é submetido a um esforço que tende a alongá-lo ou esticá-lo até a ruptura. Geralmente, o ensaio é realizado num corpo de prova de formas e dimensões padronizadas, para que os resultadosobtidos possam ser comparados ou, se necessário, reproduzidos. Este é fixado numa máquina de ensaios que aplica esforços crescentes na sua direção axial, sendo medidas as deformações correspondentes. Os esforços ou cargas são mensurados na própria máquina, e, normalmente, o ensaio ocorre até a ruptura do material.
Com esse tipo de ensaio, pode-se afirmar que praticamente as deformaçõespromovidas no material são uniformemente distribuídas em todo o seu corpo, pelo menos até ser atingida uma carga máxima próxima do final do ensaio e, como é possível fazer com que a carga cresça numa velocidade razoavelmente lenta durante todo o teste, o ensaio de tração permite medir satisfatoriamente a resistência do material. A uniformidade da deformação permite ainda obter medições para avariação dessa deformação em função da tensão aplicada. Essa variação, extremamente útil para o engenheiro, é determinada pelo traçado da curva tensão-deformação a qual pode ser obtida diretamente pela máquina ou por pontos.

[pic]
Figura 1.1 – Gráfico - Tensão X Deformação obtido de um ensaio de tração.
MATERIAIS E MÉTODOS UTILIZADOS

Materiais utilizados:- 01 Máquina de Tração;
- Corpos de Prova (CP) de materiais metálicos:
• 01 CP de Aço 1020
• 01 CP de Aço 1045

Método:

1 - Considere um comprimento inicial (Lo) igual a 50 mm, marcado na seção útil do corpo de prova.
2 - Com o paquímetro meça o diâmetro inicial (Do) da seção útil do corpo de prova, anotando este valor no item “Resultados”.3 - Ajuste o ponteiro maior do relógio comparador na posição “zero”.
4 - Ligue a máquina de tração, ajustando uma velocidade constante de subida para o cabeçote móvel, através do travamento da alavanca disponível para o controle manual dessa velocidade.
5 - Anote os valores de carga (Q), lidos no visor da maquina de tração, e os de alongação (ΔL), lidos no relógio comparador, emintervalos de 0,50 mm, na tabela constante no item “Resultados” do seu roteiro de prática, ate a ruptura do corpo de prova. Anote também os valores de carga máxima (Q máxima), nos espaços correspondentes nesse item.
6 - Apos a ruptura, junte as partes rompidas e meça, com o paquímetro os valores do seu comprimento final (Lf), e do seu diâmetro final (Df ), na seção de ruptura , anotandoesses valores no mesmo item. Calcule a estricção e o alongamento para o material em teste.

7 - Transforme a tabela ‘”carga x alongação”, obtida em uma nova tabela:
“tensão (σ) x deformação (ε)”, e, com esses novos valores, construa um diagrama
“σ x ε“, no espaço quadriculado existente nesse mesmo item.
8 - Determine o diagrama “σ x ε”: Limite de Escoamento (σ Esc.),...
tracking img