karl marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1109 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Karl Marx
Para Marx o objetivo do Capitalismo, é o acumulo de riquezas, que vem da força do trabalhador.
O lucro, Marx, vai chamar de MAIS VALIA. Este lucro é excedente da força do trabalhador ou a materialização da exploração.
Para Marx as coisas materiais é que fazem uma sociedade acontecer.
Marx acreditava que os trabalhadores poderiam transformar a sociedade por meio de uma revolução.Socialismo: uma sociedade na qual os meios de produção pertencem a todos os seus membros. Para tal, o sistema capitalista deveria ser superado, deixando de existir a propriedade privada e passando a existir a “propriedade coletiva”.
relação de compra e venda de trabalho, “eu vendo a minha capacidade de trabalhar para quem tem empresa”
Ideias que buscaram promover uma distribuição de renda justae equilibrada. Suas ideias influenciaram a chamada Revolução Socialista, movida pela metade da população mundial da época.
Resumo das ideias de Marx:
MaterialismoA ideia motivadora por trás da filosofia de Marx era o materialismo. Os materialistas acreditam que são as condições materiais do mundo, como, por exemplo, a estrutura da economia e da distribuição da riqueza, que dão origem a ideiascomo quem "deveria" liderar e "mereceria" ganhar o que eles ganham. Essa ideia é contrária ao idealismo, que afirma que são as ideias que dão origem à realidade material.
Exploração Marx acreditava que o real perigo do capitalismo era o fato de explorar ostrabalhadores. Marxistas, desde então, desenvolveram essa teoria para mostrar como o capitalismo também explora o planeta e seus recursos naturais. De acordo com Marx, os capitalistas exploram os trabalhadores pagando-lhes menos do que eles valem - o excesso de trabalho do trabalhador é o que produz os lucros dos capitalistas. Esse "trabalho excedente" éexplorado pelo capitalista, que também obriga o trabalhador a condições de trabalho impróprias e injustas - algo que era muito mais evidente e grave durante o século XIX, período no qual Marx escreveu.
AlienaçãoMarx acreditava que os trabalhadores eram alienados de várias maneiras. Ele destacou quatro elementos a partir dos quais o trabalhador é alienado: o produto, o ato de produzir, ele mesmo e osoutros. A principal ideia por trás da alienação é um dos efeitos da exploração do trabalhador pelo capitalista; é a ideia de que o trabalhador não é capaz de viver como ele de outra forma, naturalmente, viveria. Essa alienação é um tipo de separação ou remoção de como a vida "naturalmente" deveria ser. O capitalismo, para Marx, é uma perversão que separa o homem do que ele faz e como ele o faz,sendo também de como ele "naturalmente" seria como ser humano e de que forma ele se relacionaria com os outros.
RevoluçãoMarx acreditava que, eventualmente, os trabalhadores se uniriam e derrubariam a classe dominante capitalista. Ele pensava que a estrutura dominante burguesa-capitalista daria lugar a uma revolução liderada por trabalhadores que substituiria a ordem com um sistema mais justo.Marx não chamava isso exatamente de "comunismo" e os estados "comunistas" que surgiram depois de Marx - a União Soviética, Coréia do Norte e República Popular da China - em nada se pareciam com o que Marx afirmava. Ele buscava uma ordem radicalmente democrática, baseada na tomada coletiva de decisões e o compartilhamento dos meios de produção - ou seja, a terra, o trabalho e o capital que entra paraa produção.
o materialismo dialético e o materialismo histórico. O primeiro coloca a simultaneidade da matéria e do espírito, e a constituição do concreto por uma evolução concebida como “desenvolvimento por saltos, catástrofes e revoluções”, causando uma evolução em um grau mais alto, graças a “negação da negação” (dialética).
O materialismo histórico coloca que a consciência  dos homens é...
tracking img