Judo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1627 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PFAD MODULO JUDO







DOCUMENTO APOIO

CARACTERIZAÇÃO DA MODALIDADE


O Judo é um desporto de combate em que os seus praticantes (judocas) têm como objectivo projectar ou imobilizar os seus adversários de costas no tatami (tapete de judo), sem os magoar, evitando que eles lhes façam o mesmo.
O Judo é praticado numa sala própria designada por Dojo em cima de tatamis.Durante o treino, os judocas andam descalços e vestem um fato de judo azul ou branco (com um casaco e umas calças de pano muito forte), chamado judogi, e colocam um cinto por cima do casaco. Os cintos não servem só para segurar o casaco, mas também para distinguir o judoca principiante (cinto branco) do judoca mais experiente (normalmente, do cinto amarelo ao cinto preto).
As competições de Judosão realizadas numa área mínima de 14m x 14m, coberta de tatamis verdes e vermelhos. A área de competição é dividida em duas zonas: a área de combate, com tatamis verdes e vermelhos onde se realiza a luta e a zona de segurança com tatamis verdes.
Os combates são dirigidos por um arbitro e dois juizes auxiliados por cronometristas e pelos membros da mesa.
O combate de Judo tem uma duração máximade 5 minutos podendo terminar antecipadamente por desistência de um dos atletas ou por pontuação máximo (10 pontos). Não ocorrendo nenhuma das situações a vitória será atribuída por decisão arbitral a um dos judocas.


A HISTÓRIA DO JUDO NO MUNDO E EM PORTUGAL



Introdução Histórica


Em todos os países do mundo existem formas de luta sem armas que se foram transformando,aparecendo na Europa o boxe e a luta e no Extremo Oriente a luta japonesa e o sumo.
As ultimas, que estiveram em voga no séc. XVI, em pleno feudalismo nipónico, representavam uma arte guerreira de luta corpo a corpo, que tinha por nome ju-jitsu (técnica da ligeireza).
Surge, então, uma nova teoria: à força não se opõe a força, mas sim a suavidade (flexibilidade). Se nos empurram nãodevemos empurrar mas sim recuar (puxar), tirando, assim, vantagem da força empregue pelo adversário.
Durante algumas décadas, por vários motivos entre os quais a guerra, as artes marciais foram esquecidas, dando lugar, a pouco e pouco, às armas brancas.
Foi em 1882 que Jigoro Kano criou o Judo baseando-se no Ju-Jitsu (luta corpo a corpo). Após anos de estudo em algumas escolas queexistiam no Japão, com os últimos samurais que ainda praticavam o JuJitsu Na verdade, através da síntese de diversas Escolas, ele criou um sistema próprio de disciplina, seleccionando as melhores técnicas do Ju-Jitsu (as mais eficazes). Jigoro Kano criou, ainda, as quedas de amortecimento através do aperfeiçoamento das técnicas de queda já existentes. Foi também com ele que surgiu a roupa própriapara a prática do Judo (Judogi).
Tendo em conta os princípios da harmonia física e mental, Jigoro Kano criou uma modalidade completa, fundamentada na descoberta do indivíduo e que representava um meio eficaz de defesa pessoal.
Esta nova arte começou a ser ensinada pelo próprio Jigoro Kano, no seu Dojo (sala na qual ele estudou e desenvolveu o Judo), passando esta a ser denominada porKodocan ou Escola para o Estudo da Via.
Aparecendo no Japão, o Judo conhece um desenvolvimento prodigioso, colocando-se actualmente entre os desportos mais praticados em todo o mundo; ocupa também em Portugal um lugar de destaque entre muitas modalidades desportivas, havendo a registar um crescimento e evolução significativos.






O Judo em Portugal

Os primeiros contactoscom a modalidade, ainda sob a forma antiga – Ju-Jitsu - datam do primeiro quartel do século XX, altura em que os portugueses receberam a visita de Hirano, que foi o primeiro professor japonês de Ju-Jitsu que esteve em Portugal.
Seguiram-se-Lhe outros mestres japoneses que efectuaram demonstrações e combates em Lisboa e Porto.
A policia de segurança do Porto, em 1936 por iniciativa...
tracking img