Jovens infratores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (760 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Este relatório nos possibilitou enxergar como uma assistente social trabalha no sistema prisional, mais precisamente no PREFEM, foi possível ver como é importante a presença de um assistente socialneste local, pois eles fazem intender que mesmo essas pessoas tendo cometido crimes dos mais diversos elas são seres humanos e tem direitos: a saúde, educação, a vota entre outros, direitos esses queestão presentes na LEP. Porém não é fácil fazer com que essa lei seja cumprida uma vez que o sistema dificulta.
Podemos também observar que o trabalho da assistente social não fica focado só nasdetentas se estende as famílias, pois essas também precisam de acompanhamento até pra saber como as detentas estão servindo assim de ponte entre as detentas e a família.
Foi possível ver que mesmo aassistente social tendo feito um belíssimo trabalho com as custodiadas ela não consegui evitar que as mesmas após liberadas não retornem ao sistema prisional, seja por ter cometido o mesmo crime ou não,isso acontece porque a sociedade ainda tem preconceito com quem já foi ex- presidiário e acaba não dando a oportunidade da pessoa ser reinserida na sociedade.
A entrevista nos mostrou que é muitodifícil para assistente social trabalhar sozinha quando se tem uma grande demanda do grupo alvo, pois ela não consegue atender a todas as reivindicações. O trabalho da assistente social é desgastante,mas muito prazeroso quando se faz o que gosta principalmente quando o objetivo é alcançado.
O relatório serviu para nos fazer enxergar que infratores da lei também são pessoas possuidoras dedireitos, e que esses tem que ser cumpridos.
Estagiar no sistema prisional para nós é um desafio até porque é um mundo diferente do que estamos acostumadas a haver, mas como futuras assistentes sociaistemos que esta preparados para atuar nos diversos campos de trabalho.


Introdução
Estevão (p.7) ,” assistente social é aquela moça que o governo paga para ter dó dos pobres.
As pessoas tem...
tracking img