Jose gomes ferreira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Biografia
José Gomes Ferreira nasceu no porto no dia 9 de Junho de 1900.
Estudou nos liceus de Camões e Gil Vicente onde teve o primeiro contacto com a poesia. Ainda novo colaborou com Fernando Pessoa num soneto para a revista “Ressurreição”.
Seguiu também carreira como compositor, chegando a ter a sua obra "Suite Rústica" estreada pela orquestra de David de Sousa.
Formou-se em Direito em1924, tendo sido cônsul na Noruega entre 1925 e 1929. Após o seu regresso a Portugal seguiu a carreira jornalística. Foi colaborador de vários jornais e revistas, tais como a “Presença”, a “Seara Nova” e “Gazeta Musical e de “Todas as Artes”.
Inicia-se na poesia com o poema "Viver sempre também cansa", escrito em 1931, e apesar de já ter publicado anteriormente os livros "Lírios do Monte" e"Longe", só em 1948 começa a publicação séria do seu trabalho, nomeadamente com "Poesia I" e com a colaboração na "Homenagem Poética a Gomes Leal".
Em 1961, destacou-se com a obra “Poesia III” onde foi condecorado com o ”Grande Prémio da Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores”.
Mais tarde, irá participar na composição de um álbum de canções revolucionárias onde coopera com outros poetasneo-realistas. Esta participação é o reflexo da sua preocupação face aos problemas e injustiças do mundo e de uma profunda consciência política.
Em 1978, tornou-se presidente da Associação Portuguesa de Escritores, candidatou-se à APU (Aliança Povo Unido) e, mais tarde, associou-se ao PCP (Partido Comunista Português). É ainda condecorado pelo Presidente Ramalho Eanes como grande oficial da OrdemMilitar de Santiago de Espada, recebendo mais tarde o grau de Grande Oficial da Ordem da Liberdade.
No dia 8 de Fevereiro de 1985 morre vítima de uma doença prolongada que o impossibilita de se levantar da cama, após ter sido sujeito a uma operação delicada.
Bibliografia
Obras:
* "Lírios do Monte" – 1918
* "Longe" - 1921
* "Marchas, Danças e Canções" (colaboração) - 1946
* "Poesia I"- 1948
* "Homenagem Poética a Gomes Leal" (colaboração) - 1948
* "Líricas" (colaboração) - 1950
* "Poesia II" - 1950
* "Eléctico" - 1956
* "Poesia III" - 1962
* "Poesia IV" - 1970
* "Poesia V" - 1973
* "Poeta Militante I, II e III" - 1978
Principais poemas
* Devia morrer-se de outra maneira
* Porque é que este sonho absurdo
* Quero voar
* Chove* Entrei no café com um rio na algibeira
* Vai-te, Poesia!
* O amor que sinto
* Choro!
* Viver sempre também cansa!
* O braço duma ninfa
* À esquina do mundo
* O nosso mundo é este
Características da poesia
A poesia de José Gomes Ferreira foi bastante influenciada pelo facto do poeta estar ligado a organizações políticas e por este ter convivido com diversos poetasneo-realistas, por isso a sua poesia é caracterizada por quatro aspectos: o neo-realismo, o surrealismo e o saudosismo. O poeta nas suas obras fala-nos da dinâmica e mudanças da sociedade, por vezes do sofrimento dos outros, uma vez que este sempre demonstrou uma preocupação face aos problemas e injustiças do mundo. A sua vasta obra reflecte este seu desejo de mudar a sociedade, o que acreditafazer com o poder da palavra.

Quero voar
Quero voar
-mas saem da lama
garras de chão
que me prendem os tornozelos.

Quero morrer
-mas descem das nuvens
braços de angústia
que me seguram pelos cabelos.

E assim suspenso
no clamor da tempestade
como um saco de problemas
-tapo os olhos com as lágrimas
para não ver as algemas...

(Mas qualquer balouçar ao vento me pareceLiberdade.)
Análise
* O poema é constituído por 14 versos distribuídos por 2 quadras (1ª e 2ª estrofes), uma quintilha (3ª estrofe) e um monóstico (4ª estrofe).

* Figuras de estilo:
* “-mas saem da lama / garras de chão” - Metáfora
* “No clamor da tempestade / como um saco de problemas” – Comparação
* Tema – Liberdade

O poeta sente-se condicionado por obstáculos...
tracking img