John locke

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (652 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
John Locke nasceu dia 29 de Agosto de 1632 em Wrington (Inglaterra), e morreu em 28 de Outubro de 1704 em Essex, Inglaterra. Filósofo inglês e ideólogo do liberalismo, é considerado o principalrepresentante do empirismo britânico e um dos principais teóricos do contrato social. Estudou medicina, ciências naturais e filosofia em Oxford, principalmente as obras de Bacon e Descartes. Em 1683, JohnLocke fugiu para Holanda. Locke nunca casou ou teve filhos. Dante foi condenado ao exílio pelo novo governo de Florença. Se fosse capturado por soldados da cidade seria queimado vivo. Após passar porvários principados, em 1318, ele foi convidado para ser hóspede de Guido Novello da Polenta, príncipe de Ravena, o mesmo ano em que terminou de escrever os versos do Paraíso, a parte final de sua"Divina Comédia". Foi, também, médico e farmacêutico; não pretendia exercer essas profissões, mas, segundo uma lei de 1295, todo nobre que pretendesse tomar um cargo público devia pertencer a uma dasGuildas.

Locke é considerado o protagonista do empirismo, isto é, a teoria denominada de Tabula rasa. Esta teoria afirma que todas as pessoas nascem sem saber absolutamente nada e que aprendem pelaexperiência, pela tentativa e erros. Esta é considerada a fundação do behaviorismo. A filosofia política de Locke fundamenta-se na noção de governo consentido dos governados diante da autoridadeconstituída e o respeito ao direito natural do ser humano, de vida, liberdade e propriedade. Influencia, portanto, as modernas revoluções liberais: Revolução Inglesa, Revolução Americana e na fase inicial daRevolução Francesa, oferecendo-lhes uma justificação da revolução e a forma de um novo governo.
Dentre os escritos políticos, a obra mais influente foi o tratado em duas partes, Dois Tratados sobre oGoverno (1689). A primeira descreve a condição corrente do governo civil; a segunda parte descreve a justificação para o governo e os ideais necessários à viabilização. Segundo Locke todos são...
tracking img