Izidoro cunha

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3395 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Demonstração do Valor Adicionado (DVA)
Conceito do Valor Adicionado
Valor Adicionado ou Valor Agregado representa a riqueza criada por uma entidade num determinado período de tempo (normalmente, um ano). Podemos afirmar que a soma das importâncias agregadas representa, na verdade, a soma das riquezas criadas. A riqueza total de um país pode ser obtida pela soma dos valores agregados pelos seusagentes econômicos, ou seja pelas funções físicas, pessoas jurídicas com fins lucrativos, o governo, associações, fundações, demais entidades sem fins lucrativos, etc. O somatório dos valores agregados por todos esses agentes é conhecido pelo nome de Produto Interno Bruto (PIB).
A riqueza gerada pela empresa medida no conceito de valor adicionado é calculada a partir da diferença entre o valorde sua produção e dos bens produzidas por terceiros utilizados no processo de produção da empresa.
A atual e a potencial aplicação do valor adicionado mostram o aspecto econômico e social que o seu conceito envolve:
(a) Como índice de avaliação do desempenho na geração da riqueza, ao medir a eficiência da empresa na utilização dos fatores de produção, comparando o valor das saídas com o valordas entradas, e.
(b) Como índice de avaliação do desempenho social à medida que demonstra, na distribuição da riqueza gerada, a participação dos empregados, do Governo, dos Agentes Financeiros e dos Acionistas.
O valor adicionado demonstra, ainda, a efetiva contribuição da empresa, dentro de uma visão global de desempenho, para a geração de riqueza da economia na qual está inserida, sendoresultado do esforço conjugado de todos os seus fatores de produção.
O Valor Adicionado constitui-se da receita de venda deduzida dos custos dos recursos adquiridos de terceiros. É, portanto, o quanto a entidade contribuiu para a formação do Produto Interno Bruto (PIB) do país.
A Demonstração do Valor Adicionado, que também pode integrar o Balanço Social, constitui desse modo, uma importante fonte deinformações à medida que apresenta esse conjunto de elementos que permitem a análise do desempenho econômico da empresa, evidenciando a geração de riqueza, assim como dos efeitos sociais produzidos pela distribuição dessa riqueza. Além das informações contidas nos grupos relacionados no modelo da Demonstração do Valor Adicionado, a entidade deve acrescentar ou detalhar outras linhas naDemonstração do Valor Adicionado quando o montante e a natureza de um item ou o somatório de itens similares forem de tal magnitude que a apresentação em separado ajuda na apresentação mais adequada da Demonstração do Valor Adicionado.
Obrigatoriedade e Necessidade de Elaboração da Demonstração.
De acordo com a chamada “Nova Lei Contábil”, a Lei nº 11.638/2007 de 28/12/2007 que a altera a Lei nº6.404/776 as empresas S/A de Capital Aberto, ou seja, aquelas que movimentam ações no mercado de capitais, bem como as empresas Ltda. denominadas de “Grande Porte” com faturamento anual superior a R$ 240.000.000,00 estão obrigadas a publicar a Demonstração do Valor Adicionado.
Quanto a necessidade de elaboração da DVA surgiu tendo em vista que:
a) a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)identifica apenas qual a parcela da riqueza criada que efetivamente permanece na empresa na forma de lucro, não identifica portanto, as demais gerações de riqueza (valores adicionados ou agregados);
b) as demonstrações mencionadas não identificam, ainda, quanto e de que forma foram distribuídas os valores adicionados ou agregados (ou seja, não identificam de que forma foram distribuídas as riquezascriadas pela empresa).
Riquezas criadas e distribuídas
A demonstração do Valor Adicionado (DVA) evidencia o valor das riquezas criadas pela sociedade, bem como sua efetiva distribuição. Esta evidenciação representa ferramenta importante tanto para o usuário interno quanto para o externo (acionistas, administradores, fornecedores, clientes, governo etc.) e, como já vimos anteriormente, não podem...
tracking img