Islamismo

INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem por objetivo estudar alguns aspectos sobre a religião do Islamismo, tais como aspectos históricos, doutrinais e éticos.
Sobre o aspecto histórico, trataremos sobre a origem da religião, seu fundador e seus seguidores.
Sobre o aspecto doutrinal, trataremos sobre os principais princípios e filosofias de vida.
Finalmente, estudaremos aspectos éticos, dentroos quais podemos citar: posicionamento da religião frente às seguintes situações: aborto, clonagem, eutanásia, suicídio, homicídio, pena de morte, células tronco, adultério, divórcio, homossexualidade e sexualidade.


Aspectos Históricos

A origem
O Islão ou Islã é uma religião monoteísta que surgiu na Península Arábica no século VII ,é umas das quatro religiões monoteístas baseada nosensinamentos de Maomé, chamado ¨O PROFETA¨, contidos no livro sagrado islâmico, o Corão. A palavra islâmica submeter exprime a submissão a lei e a vontade de Alá.
Na visão muçulmana, o Islão surgiu desde a criação do homem, ou seja, desde Adão, sendo Ligiôeseste o primeiro profeta dentre inúmeros outros, para diversos povos, sendo o último deles Maomé.
Cerca de duzentos anos após Maomé, o Islãjá se tinha difundido em todo o Médio Oriente, no Norte de África e na Península Ibérica, bem como na direção da antiga Pérsia e Índia. Mais tarde, o Islã atingiu a Anatólia, os Balcãs e a África subsaariana. Recentes movimentos migratórios de populações muçulmanas no sentido da Europa e do continente americano levaram ao aparecimento de comunidades muçulmanas nestes territórios.
A mensagem doIslão caracteriza-se pela sua simplicidade: para atingir a salvação, basta acreditar num único Deus, rezar cinco vezes por dia voltado para Meca, submeter-se ao jejum anual no mês do Ramadã, pagar dádivas rituais e efetuar, se possível, uma peregrinação à cidade de Meca.
O Islão é visto pelos seus aderentes como um modo de vida que inclui instruções que se relacionam com todos os aspectos daatividade humana, sejam eles políticos, sociais, financeiros, legais, militares ou interpessoais. A distinção ocidental entre o espintual e temporal é, em teoria, alheia ao Islão.

Fundador

Nascido em Meca, na Arábia, Maomé, fundador do Islão, foi criado por um tio, chefe de uma pequena tribo. A sua infância foi passada de tratar gado e de camelos, e mais tarde entrou ao serviço de uma viúva rica,Cadija, com quem mais tarde casou. Cerca dos seus 40 anos, surgiu-lhe uma visão, em que o arcanjo Gabriel lhe mandava proclamar o único e verdadeiro deus, Alá. Começando a pregar em Meca, atraiu sobre si próprio uma perseguição, que em 622 o obrigou a fugir para uma cidade vizinha, agora conhecida por Medina, “a cidade do profeta”. Aí, os seus seguidores foram aumentando rapidamente, e em 630reconquistou Meca, proibindo a adoração de ídolos e ordenando que os não crentes nunca mais entrassem na cidade. Ainda hoje, só é permitida a entrada em Meca aos muçulmanos. Maomé, ditou as doutrinas da sua fé aos seus seguidores, que as compilaram sob a forma do “Corão”, o livro sagrado do Islão, insistindo no entanto, que não se tratava de ensinamentos seus, mas sim das palavras de Deus, de quem oprofeta era o porta-voz. Além de grande religião, o Islão era também um movimento nacionalista. Aquando da morte de Maomé em 632, já este movimento controlava toda a Arábia, espalhando depois a sua influência pela África e Ásia.

Seus seguidores


Islamismo: Fontes Doutrinais
O Islamismo, em número de fiéis, é a segunda religião do mundo,possui também uma doutrina bem estruturada. Ela baseia-se em três fontes ou princípios fundamentais, além do Alcorão: o suna (tradições), o ijma (consenso) e o ijtihad (pensamento individual).
A mensagem do Islão caracteriza-se pela sua simplicidade: para atingir a salvação, basta acreditar num único Deus, rezar cinco vezes por dia voltado para Meca, submeter-se ao jejum anual no mês do Ramadã,...
tracking img