Introducao ao pensamento sociologico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3723 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução ao pensamento sociológico

A revolução industrial impulsiona as revoluções políticas, derrubam o Antigo Regime e dão força à pregação dos ideais da revolução francesa e do iluminismo A Sociologia brotou com a sociedade industrial mostrando suas exigências e seus esboços. Ela não estuda apenas as condições de existência social humana, apesar de esta ser a parte mais fascinante.Afirma-se primeiramente como forma cultural de concepção do mundo e só depois como explicação cientifica.
 Émile Durkhein foi um dos mais importantes teóricos da sociologia. Ainda sobinfluência positivista lutou para fazer das ciências sociais uma disciplina rigorosamente científica. Para ele, a sociologia estuda os fatos sociais, eles apresentam vida própria, sendo exteriores aos indivíduos eintrojetados neles a ponto de virarem hábitos. Havendo, assim, formas padronizadas de conduta e pensamento, gerando
Para ele, o cientista deve estudar a sociedade por um distanciamento dela, sendo neutro, não se deixando influenciar por seus próprios preconceitos, valores, sentimentos.


Foi estabelecendo um método que fosse próprio dessa nova vertente do conhecimento que Durkheim tentoucolocar a Sociologia no rol das ciências empíricas e objetivas. Para tanto, ele buscou no livro “As Regras do Método Sociológico” situar as regras para se estudar os fatos sociais e as principais, resumidamente, são as seguintes:
1ª) Deve o pesquisador observar os fatos sociais como coisas e, nesse caso, como coisas sociais. Ou seja, é preciso adotar uma atitude mental, observando o fato de fora paradentro.
Durkheim acredita que para a validade da explicação do fato social é necessário ao observador estar acima de todos os sentimentos, emoções e juízos de valor.
2ª) Afastar-se de todas as pré-noções.
Segundo Durkheim era necessário trabalhar o fato social em si, afastando todas as idéias pré-estabelecidas acerca do fenômeno a ser investigado.
3ª) Definir claramente as coisas de que sequer tratar;
4ª) Estudar os fatos sociais através de suas formas nas quais se apresentam, isolados de suas manifestações individuais. Ou seja, é preciso considerar os fatos sociais em seus aspectos mais gerais e comuns, não em suas formas individuais;
5ª) Entender que um fato social é normal para um determinado tipo social, considerado numa fase determinada de seu desenvolvimento, quando elese produz na média das sociedades dessa espécie, consideradas na fase correspondente de sua evolução;
6ª) Mostrar que a generalidade do fenômeno se deve às condições gerais da vida coletiva, no tipo social considerado;
7ª) Fazer a verificação quando esse fato se relaciona a uma espécie social que ainda não consumou a sua evolução integral.
8ª) Pesquisar separadamente a causa eficiente que oproduz e a função social que ele cumpre;
9ª) A causa determinante de um fato social deve ser buscada entre os fatos sociais antecedentes e não entre os estados das consciências individuais;
10ª) A origem primeira de todo processo social de alguma importância deve ser buscada na constituição do meio social (volume + densidade: número de indivíduos e intensidade das interações entre eles)2Observamos com bastante clareza que a proposta de Durkheim defendia a desvinculação da Sociologia de todas as correntes filosóficas, psicológicas, ideológicas e do senso comum. No estudo da vida social, uma das preocupações de Durkheim, como percebemos, foi aplicar um método dotado de cientificidade que superasse as deficiências do senso comum. Esse método serviria de base para que cientistas sociaispudessem investigar possíveis relações de causa, efeito e regularidades com vistas à descoberta de leis e até de regras de ação para o futuro, observando fenômenos previamente e rigorosamente definidos.
Para Durkheim o fato social é um fenômeno coletivo, nesse sentido, ele seria o resultado da vida comum. O autor propõe isolar esses fatos que, para ele, possui uma realidade objetiva e portanto,...
tracking img