Inicial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1853 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA COMARCA DE ...

 

 

 

V. C. I. Ltda., pessoa jurídica de direito privado e de natureza mercantil, com sede nesta cidade, à R. ... , inscrita no CGC n. ... e no Estado, n. ..., neste ato representada por seu sócio diretor, A. T. A., brasileiro, casado, comerciante, residente e domiciliado nesta cidade, na R. ..., portador do CIC n. ... e do RG. n. ... ,vem, com todo o respeito, perante V. Exa., por meio de seu Advogado, propor e requerer AÇÃO DE REPARAÇÃO POR DANOS MORAIS E MATERIAIS, pelo Rito Ordinário, em face de Empresa de Telefonia S/A, pessoa jurídica de direito privado e de natureza mercantil, com sede em S. ..., na R. ... , inscrita no CGC n. ..., na pessoa de seu representante legal, com fundamento no art. 5º - X/CF, c.c. os arts. 186e 927/CC/03 e arts. 6º - incisos VI e X, 14, 22/L. 8.078/90, pelo que passa a expor, articuladamente.



 

I. Dos Fatos:

A Ré é uma empresa sediada há mais de dez anos nesta cidade, onde milita no ramo de televendas de mercadorias.

Para tanto, a ora Autora mantém instaladas em sua sede no endereço supracitado três linhas telefônicas de ns. 111.11.11, 000.00.00 e 000.00.11, cf. provamas inclusas contas telefônicas que a mesma paga mensalmente.

Em verdade, as linhas telefônicas supracitadas são vitais para a empresa ora Autora, pois é por meio delas que a mesma efetua as suas vendas diárias do produto X.

A Autora possui três telefonistas que, durante o período integral de oito horas, se utilizam das citadas linhas para fazer contatos com os fregueses da loja.

Pormeio das três supracitadas linhas telefônicas, a ora Autora efetua uma venda diária de cem produtos, que são vendidos a R$ 10,00 cada um, totalizando um faturamento bruto de R$ 1.000,00 por dia ou R$ 22.000,00 por mês.

Para a comprovação inicial destes fatos, pois haverá, no decorrer da instrução do presente feito, a produção de prova pericial contábil, a ora Autora junta todas as contastelefônicas das três linhas, que comprovam o gasto mensal de R$ 1.000,00 (em média) com as três linhas telefônicas.

Por meio das citadas contas telefônicas, vê-se que a ora Autora gasta em média cem pulsos diários com a utilização das três linhas pelas suas telefonistas.

Logo, há um potencial de faturamento de cem clientes diários que podem adquirir as mercadorias que a ora Autora vende por telefone.Insta salientar que o forte no faturamento mensal da ora Autora são as vendas feitas pelas três linhas telefônicas.

A Autora, como consumidora dos serviços prestados pela Ré, procura quitar mensalmente em dia as tres contas telefônicas, pois sabe ela que estas lhe são vitais.

Se há algum atraso de dois ou três dias, cf. se pode verificar das inclusas contas pagas desde que se instaloucomo empresa há dez anos, no mês seguinte a Ré estará, fatalmente, cobrando multa, juros de mora pelo atraso no pagamento das citadas contas.

A Autora alega esses fatos para demonstrar que sempre cumpriu com a sua obrigação para com a Ré, que jamais e em tempo algum teve de cortar as contas telefônicas daquela por falta de pagamento.

Ocorre, MM. Juiz, que em 12 de Março de 2004, como decostume, a ora Autora quitou as três contas telefônicas, cf. provam os inclusos recibos.

Mas, em 20 de Março p.p., inesperadamente, a ora Autora teve as suas três linhas telefônicas cortadas.

Imediatamente, a ora Autora foi até o seu vizinho e de lá ligou para a Ré para saber o que é que tinha havido, pois estava com as contas telefônicas quitadas e, mesmo assim, as suas essenciais três linhasforam cortadas.

No entanto, Honrado Magistrado, como centralizou os seus serviços em outras cidades, cancelando o que tinha aqui em S., uma funcionária da Ré informou à Autora que iria verificar porque haviam os três telefones sido desligados.

No dia seguinte, 21 de Março p.p., como não havia resposta alguma e muito menos os três telefones haviam sido religados, a Autora ligou novamente e...
tracking img