Industria cultural segundo adorno e horkheimer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (290 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INDÚSTRIA CULTURAL OU CULTURA DE MASSA
O termo indústria cultural foi criado por Theodor Adorno (1903-1969) e Max Horkheimer Ao fazerem a análise da atuação dos meios de comunicação de massa(MDCM), esses autores concluíram que eles funcionavam como uma verdadeira indústria de produtos culturais.

Segundo os dois autores, a indústria cultural pretendia integrar os consumidoresdas mercadorias culturais, agindo como uma ponte nociva entre a cultura popular e a erudita.

Ambos autores, vêem a indústria cultural como qualquer indústria, organizada em função de umpúblico-massa, abstrato e homogeneizado, e baseado nos princípios do lucro.
Poderíamos pensar, a partir do que os autores indicam, que a indústria cultural venderia mercadorias culturais como pastade dentes ou automóveis, e o público receberia esses produtos sem saber diferenciá-los ou sem questionar seu conteúdo.

Para adorno, a industria cultural tem como único objetivo a dependênciae a alienação dos homens. Ao maquiar o mundo nos anúncios que veicula, ela caba seduzindo as massas para o consumo das mercadorias culturais, a fim de que elas se esqueçam da exploração quesofrem nas relações de produção. A indústria cultural estimularia, portanto, o imobilismo.
Marshall Mcluhan acreditava que ela poderia aproximar os homens, diminuindo as distâncias não apenasterritoriais como sociais entre eles. O mundo iria transformar-se, então, numa espécie de “aldeia global”, expressão que acabou ficando clássica entre os teóricos da comunicação.


Segundoeles, a posição desses autores, ao dizerem que a indústria cultural banalizaria a cultura erudita valorizavam a cultura burguesa. E não apenas isso, seria também uma depreciação da culturapopular, que, segundo eles, ficaria ainda mais simplificada no âmbito da indústria cultural, e a própria capacidade crítica do povo, considerado mero consumidor de mercadorias culturais, produzidas...
tracking img