Inclusao de deficientes no mercado de trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4655 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ICPG

Instituto Catarinense de Pós-Graduação – www.icpg.com.br

1

A INCLUSÃO DAS PESSOAS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS NO MERCADO DE TRABALHO
Patrícia Barthel Bechtold Silvio Luiz Indrusiak Weiss Associação Educacional Leonardo da Vinci Curso de Especialização em Psicopedagogia Resumo Em uma análise retrospectiva em torno da pessoa com necessidades educacionais especiais,verifica-se que sua trajetória acompanha a evolução histórica da conquista dos direitos humanos. Nas discussões a esse respeito e que duram séculos, os “deficientes” sempre foram percebidos como seres distintos e à margem dos grupos sociais. Mas, à medida que a dignidade do homem, seu direito à igualdade de oportunidades e participação na sociedade passaram a preocupar inúmeros pensadores, a históriacomeçou a mudar. Hoje, buscam-se espaços organizados a partir dos movimentos governamentais e da sociedade civil para a inclusão, assumindo cada vez importância maior com a perspectiva de atender as crescentes exigências de uma sociedade em processo de renovação, uma sociedade mais justa, solidária e acolhedora.

Palavras-chave: Pessoas com necessidades educacionais especiais (PNEE). Inclusão.Mercado de trabalho. Cidadania.

1.INTRODUÇÃO

Muito se fala a respeito dos direitos e necessidades das pessoas com necessidades educacionais especiais. Porém, percebe-se que a pessoa portadora de deficiência tem encontrado grandes obstáculos para a sua aceitação e participação na sociedade. As barreiras arquitetônicas, falta de formação e informação de professores e, acima de tudo, opreconceito, ainda tem delegado a estes seres humanos papéis e posições muito aquém de suas potencialidades. É necessário refletir no que se refere a real inclusão das pessoas com necessidades educacionais especiais, como um todo, o que ainda esteja impedindo ou dificultando, a presença ou permanência destes sujeitos no meio social. É imprescindível lembrar os profissionais da educação e os pais, para quepercebam que as pessoas com necessidades educacionais especiais possuem os mesmos direitos constitucionais como qualquer outro cidadão, inclusive lhe é assegurado um ambiente sadio e adaptado às suas necessidades inclusivas. O presente artigo tem como objetivo, mostrar que existem estudos e teorias disponíveis que demonstram a possibilidade de tornar a inclusão da pessoa com necessidadeseducacionais especiais, cada vez mais efetivas nas escolas regulares. 1. Paty.bechtold@ig.com.br 1

ICPG

Instituto Catarinense de Pós-Graduação – www.icpg.com.br

2

2. A INCLUSÃO DA PNEE E SEU ALCANCE NA SOCIEDADE

2.1. Conceituação

Portador de deficiência e de necessidades especiais é aquele que apresenta em caráter temporário ou permanente, significativas diferenças físicas, sensoriais ouintelectuais, decorrente de fatores inatos ou adquiridos, que acarretam dificuldades em sua interação com o meio social, necessitando por isso, de recursos especializados para desenvolver seu potencial e superar ou minimizar suas dificuldades. De acordo com a Declaração de Salamanca (1994), pessoas com necessidades educacionais especiais (PNEE) referem-se a todas as crianças e jovens cujasnecessidades decorrem de sua capacidade ou de suas dificuldades de aprendizagens. Muitas crianças experimentam dificuldades de aprendizagem e têm, portanto, necessidades educacionais especiais em algum momento de sua escolarização. Segundo a Constituição Federal, no Título III, DO DIREITO À EDUCAÇÃO E DO DEVER DE EDUCAR, no art. 4º inciso III (1998, p.41), educandos com necessidades especiais são aquelesque possuem necessidades incomuns e, portanto, diferentes dos outros alunos no que diz respeito às aprendizagens curriculares compatíveis com suas idades. Em razão desta particularidade, estes alunos precisam de recursos pedagógicos e metodológicos próprios. Segundo Carneiro (1998, p.41), as deficiências classificam-se em: a) Portadores de Deficiência Auditivos, Visuais (sensorial), Mental,...
tracking img