Impunidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1220 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Globo, Rio, sábado, 26 de abril de 2008. Por Simone Cândida. Colaborou: Maria Elisa Alves. Fotos de Custódio Coimbra
Lei nova, impunidade antiga. Prefeitura restringe caminhões, mas não há fiscalização.
Decreto da prefeitura do Rio proíbe, a partir de 5 de maio, que caminhões de carga parem ou circulem em 40% das ruas da cidade, entre 6h e 10h e 17h e 20h, nos dias úteis. Mas tudo depende dafiscalização: hoje, as regras são amplamente desrespeitadas.
Prefeitura cria por decreto polígono onde veículos de entrega não poderão sequer circular.
A partir de 5 de maio, os caminhões de entrega terão fortes restrições para circular pela cidade. Em decreto publicado ontem no Diário Oficial, o prefeito Cesar Maia estabeleceu que veículos pesados de carga e descarga ficarão proibidosnão só de parar, mas também de rodar, por uma área delimitada pela orla marítima e por 26 vias da cidade, nos horários entre 6h e 10h e 17h e 20h dos dias úteis. O chamado "polígono de restrição", que abrange toda a Zona Sul, Centro, Tijuca, Vila Isabel, Méier, além de um trecho da Barra e de parte de Jacarepaguá, só não valerá para veículos de transporte de valores, de combustíveis e lubrificantesque abastecem aeroportos e de emergência e socorro, além de caminhões de mudança e os de serviços essenciais, como os da Comlurb.
O objetivo do decreto ao criar este cinturão é tentar diminuir os engarrafamentos em locais mais críticos nos horários de pico. De acordo com o decreto, a CET-RIo terá 180 dias, contados a partir de ontem, para acompanhar, avaliar e elaborar um relatório técnicosobre os efeitos da medida no trânsito carioca. Caso seja necessário, a prefeitura poderá rever a área proibida, aumentando-a ou reduzindo-a. Segundo o subsecretário de Transportes do município, Dalny Sucasas, o polígono foi feito a partir de estudos de especialistas de trânsito da prefeitura.
A área concentra quase 40% dos cerca de oito mil quilômetros de vias trafegáveis existentes nomunicípio – detalhou. Para integrar o polígono, foram escolhidas vias com grande volume de tráfego pesado. Bairros como: Santa Cruz, Campo Grande, Bangu, Realengo e Ilha do Governador ficam de fora. O texto do decreto, no entanto, terá que ser corrigido em breve para ajustar sua redação.
É óbvio que não teremos condições de fiscalizar toda a área ao mesmo tempo. Num primeiro momento, oprefeito nos pediu para priorizar este eixo Barra, Zona Sul e Centro. Com essa medida, a expectativa da prefeitura é ampliar em cerca de 10% a velocidade média do fluxo de veículos nas principais vias – explicou Dalny, acrescentando que, hoje, há uma frota circulante na cidade de 700 mil veículos/dia, o que corresponde a um terço da frota total registrada no município. Só caminhões são 30 mil.
Diretorde logística reage mal à medida
Além da orla de Copacabana, Leblon e Ipanema, a restrição inclui vias importantes como a Avenida Presidente Vargas, no Centro, e a Rua Conde de Bonfim, na Tijuca. O decreto diz que as ruas, avenidas e viadutos “limítrofes” estão excluídos da proibição. É o caso da Avenida Francisco Bicalho, no centro, da Estrada Intendente Magalhães, em Vila ValqueireCampinho, das avenidas Geremário Dantas, em Jacarepaguá, e Dom Hélder Câmara, em Pilares, e do Viaduto de Cascadura. Na Barra, a Estrada do Itanhangá, a Avenida Ministro Ivan Lins e Praça Euvaldo Lodi são o limite para a passagem dos caminhões. O caminhão de carga poderá, por exemplo, circular nestes dias e horários pela Avenida Francisco Bicalho, mas não poderá entrar na Presidente Vargas – explicouDalny.
Para o subsecretário, as medidas restritivas no trânsito hoje são, a curto prazo, a única opção que as grandes cidades do mundo estão tendo: São Paulo tem rodízio, Londres restringe a circulação no centro. Nós ainda não temos um trânsito tão ruim quanto o de São Paulo, mas, para evitar que cheguemos lá, temos que tomar medidas. A decisão da prefeitura de restringir os horários de...
tracking img