Impactos ambientais no setor sucroalcooleiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4769 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 – A agroindústria da cana-de-açúcar

A cana-de-açúcar foi oficialmente introduzida no Brasil por Martin Afonso de Souza, em 1532 (Mattos, 1942). Hoje, é encontrada em todos os Estados. A região produtora de maior destaque é a Centro-Sul (C–S)7, com cerca de 90% da produção brasileira, sendo os 15% restantes produzidos na região Norte-Nordeste (N–NE)8. O Estado de São Paulo concentra mais de60% da produção nacional.
Durante quase duzentos anos, após o descobrimento, a economia nacional baseou-se, praticamente, na agroindústria canavieira. Coube ao Governo Imperial, no final do século XIX, o início da modernização do setor. Alguns engenhos evoluíram e transformaram-se em usinas. Por ocasião da proclamação da República, o açúcar ocupava o terceiro lugar nas exportações brasileiras,atrás do café e da borracha. Em 1910, tinha caído para sexto. A partir de 1924, a economia açucareira nordestina entrou em crise, pela queda nas exportações e pelo crescimento da produção no Estado de São Paulo. A indústria alcooleira nacional surgiu a partir da destilação do mel residual, proveniente da fabricação de açúcar. Em 1931, por meio de Decreto, o Governo Vargas tornou obrigatória amistura de 5% de álcool na gasolina. Iniciava-se a intervenção estatal no mercado de açúcar e álcool que se encerraria com a extinção do Instituto do Açúcar e Álcool (IAA), em 1991. Antes disso, em 1975, ante a forte dependência brasileira do petróleo importado, o Governo Geisel criou o PROÁLCOOL (Programa Nacional do Álcool) com o objetivo de viabilizar o etanol como combustível carburante. Destaépoca datam os primeiros automóveis a álcool fabricados em série e a intensificação da mistura de álcool anidro à gasolina. Da produção incipiente de 600 milhões de litros de álcool, o Brasil atingiu, em 2006, 16,9 bilhões de litros, tornando-se o único país do mundo a conseguir substituir, em larga escala, o consumo de gasolina por fonte renovável.
A exclusividade de maior produtor mundial,contudo, passou a ser dividida, em 2006, com os Estados Unidos, cuja produção de etanol provém da fermentação do milho e aumenta, vertiginosamente, graças a fortes subsídios. Comparativamente, a cana-de-açúcar é a melhor alternativa para conversão de energia solar e fóssil em etanol, segundo Andreoli (2006). Motivado pelo mercado valorizado do açúcar e aumento da demanda internacional por álcoolcombustível, vive-se, no momento, o 3º ciclo de expansão do setor sucroalcoleiro, com previsão de instalação de mais de 150 novas Usinas de açúcar e álcool no Brasil, das quais, aproximadamente, 50 no Estado de São Paulo.

1.1 - Subsistema agrícola

As principais etapas referem se ao preparo do solo, ao plantio, aos tratos culturais, à colheita e ao transporte à usina. As operações que provocammaior impacto ambiental e, por conseguinte, merecem grande atenção são: as de queima da palha de cana; de disposição da vinhaça, da torta de filtro e das cinzas nos canaviais e de aplicação de herbicidas. Preparam-se os talhões de mudas, sendo que o plantio é feito com intensiva mecanização. Nesta etapa, podem ocorrer: problemas de erosão (após as primeiras chuvas, é comum o surgimento de grandevolume de areia junto ao leito dos córregos e nascentes como conseqüência da erosão); destruição de estradas rurais e edificações antigas; supressão de árvores isoladas; eliminação de frutíferas e invasão de Áreas de Preservação Permanente (APP).

1.2 – Subsistema Industrial

Após a colheita, a cana-de-açúcar é transportada em caminhões, bi-caminhão e/ou até mesmo “treminhões”, para oprocessamento na usina. O subsistema industrial constitui-se das seguintes etapas:

 Recepção da Cana: Nesta etapa é feita a pesagem e a amostragem, para fins de determinação do teor de sacarose e porcentagem de sólidos solúveis. Também é analisado o teor de fibra. O descarregamento é mecanizado e não há armazenamento de cana em virtude da perda de sacarose.
 Lavagem preparo e moagem: Depois de...
tracking img