Impacto ambiental da copa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2458 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho sobre o impacto ambiental na adaptação dos espaços para a Copa do Mundo no Brasil em 2014

De acordo com o Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), “considera-se impacto ambiental qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente, causada por qualquer forma de matéria ou energia resultante das atividades humanas que, direta ou indiretamente afetam:I. A saúde, a segurança e o bem-estar da população;
II. As atividades sociais e econômicas;
III. A biota;
IV. As condições estéticas e sanitárias do meio ambiente;
V. A qualidade dos recursos ambientais.”
Este trabalho tem o objetivo de apresentar quais seriam os danos causados pela adaptação de espaços para a viabilização dos jogos da Copa do mundo de futebol no Brasil em2014.
As cidades sede serão: Curitiba, Cuiabá, Fortaleza, Manaus, Natal, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte. Muitas dessas cidades possuem já alguns espaços adequados para a realização dos jogos, mas falta-lhes ainda a infraestrutura para abrigar os turistas, transportá-los, acomodá-los e servi-los adequadamente e, por isso serão necessárias muitasadaptações como a construção de hotéis, a ampliação de aeroportos, a implantação de uma rede rodoviária e metroviária consistente com o volume de pessoas que serão atendidas, entre outras.
Pensando no impacto ambiental, vemos que devem ser analisadas e acompanhadas as atividades modificadoras do meio ambiente de que trata o artigo 2º da Resolução CONAMA nº 001, de 23 de janeiro de 1986:
I.Estradas de rodagem com duas ou mais faixas de rolamento;
IV. Aeroportos;
VI. Linhas de transmissão de energia elétrica;
XV. Projetos urbanísticos, acima de 100ha. ou em áreas consideradas de relevante interesse ambiental a critério da SEMA e dos órgãos municipais e estaduais competentes.
A cidade de Manaus é o portão de entrada para a maior floresta tropical do planeta, Manaus,capital do Estado do Amazonas, é banhada pelo Rio Negro e guarda um extraordinário estoque de recursos naturais, representado por 20% da reserva de água doce do mundo, um banco genético de inestimável valor e grandes jazidas de minérios, gás e petróleo.
Manaus, que já sobreviveu da borracha, conserva 22% da sua área verde natural – o que lhe confere, somado à riqueza de seus recursos culturais ehistóricos, grande potencial turístico.
Para a Copa do Mundo de 2014, estão previstas reformas para áreas como o espaço de esporte e lazer do Vivaldão, além da construção de um shopping dentro do estádio. A ideia é que o local seja utilizado durante os sete dias da semana e alie atividades esportivas e de lazer. O valor estimado para investimentos no complexo do Vivaldão é de R$ 500 milhões. Os 47.930lugares serão assim divididos:
Espectadores – 41.470 lugares;
VIP (VVIP Boxes) – 500 lugares;
VIP/Business – 1.250 lugares;
Mídia (Imprensa) – 1.130 lugares.

O ginásio será usado com Media Center, e toda a infraestrutura de transmissão de dados, fibra ótica e antenas estará instalada para que a imprensa do mundo inteiro esteja bem acomodada.
Haverá estacionamento para 9 mil vagas nocomplexo do estádio, com mais 2 mil vagas destinadas principalmente aos membros oficiais da FIFA e das delegações.
O projeto para a Copa de 2014 da cidade de Natal prevê a demolição do Estádio Machadão, inaugurado em julho de 1972, e, em seu lugar, a construção da Arena das Dunas, com capacidade para 45 mil torcedores. Todos os 45 mil lugares serão cobertos. O projeto é do mesmo escritório dearquitetura inglês responsável pelo novo Wembley e pelo Estádio Olímpico de Sidney, na Austrália. Ao lado do estádio serão construídos um ginásio, um shopping center, edifícios comerciais, um hotel e os prédios em que funcionarão as administrações do governo do Estado e da prefeitura de Natal.
Os estacionamentos ficarão a 800 metros da Arena das Dunas e terão capacidade para 7.200 veículos. As obras do...
tracking img